O lateral-direito Daniel Alves se apresentou na manhã desta sexta-feira à seleção brasileira, no Hotel Vila Ventura, em Viamão, na região metropolitana de Porto Alegre, depois de ter sido convocado de última hora para defender o time nacional na Copa América.

O jogador do Barcelona foi chamado por Dunga logo após o jogo de quarta-feira à noite em que o Brasil venceu Honduras por 1 a 0, no Beira-Rio. Ele substitui o cortado Danilo, que se lesionou no amistoso diante do México, no Allianz Parque, em São Paulo, no último domingo.

Daniel Alves saiu de Barcelona na noite de quinta-feira e desembarcou em São Paulo nesta sexta, antes de seguir viagem até Porto Alegre e depois chegar por volta das 10h20 ao hotel onde a seleção está concentrada em Viamão.

Segundo informou o site oficial da CBF, os jogadores da seleção brasileira já haviam ido para o campo de treino que fica no hotel quando Daniel chegou. Mesmo assim, o atleta disse que já queria participar do treinamento, apesar do cansaço da viagem.

Mesmo com programação de férias e viagens marcadas após ter ajudado o Barcelona a conquistar a Liga dos Campeões, no último sábado, na final diante da Juventus em Berlim, o lateral comemorou a chance de poder voltar a defender o Brasil, pelo qual já se sagrou campeão da Copa América em 2007, fazendo, inclusive, um dos gols da vitória por 3 a 0 sobre a Argentina na decisão. Depois, ele também faturou as taças da Copa das Confederações em 2009 e 2013, assim como vestiu a camisa do time nacional nos Mundiais de 2010 e 2014. “Estava tudo certo para as férias. Mas o motivo para adiar foi mais importante e estou aqui na seleção”, ressaltou.

A seleção brasileira faz na manhã desta sexta-feira o seu último treino em solo nacional antes de seguir para o Chile em voo fretado marcado para sair de Porto Alegre às 17h30. A estreia do Brasil na Copa América será no domingo, às 18h30, contra o Peru, em Temuco.