O técnico Paulo Comelli vai apostar em Cristiano. Na vaga do suspenso Leonardo, o atacante terá sua primeira oportunidade como titular neste seu retorno ao Paraná Clube.

Amanhã, frente ao ABC – às 16h, no Frasqueirão – o Tricolor corre atrás da primeira vitória fora de casa neste returno da Série B. Resultado que, na prática, representaria a saída imediata da zona do rebaixamento. Além de Cristiano, outras três mudanças foram confirmadas: Mauro, Murilo e Kleber.

Ainda sob o efeito do desgaste da última partida, a comissão técnica teve o cuidado de não expor os atletas a uma sobrecarga. Houve um trabalho leve à tarde, seguido de um rápido ensaio tático, apenas em cobranças de faltas e escanteios.

Na primeira metade do treino, muitos foram poupados, como Fabrício, Agenor, Pituca e Ricardinho. Somente quando deu ênfase a cobranças de faltas e escanteios o treinador escalou o “onze” que iniciará a partida contra o representante potiguar.

Recuperado das dores lombares que o tiraram da última jornada, Mauro treinou normalmente e garantiu presença. Outro que volta ao time é o lateral-direito Murilo, após cumprir suspensão.

“O André Luiz foi muito bem. Mas, nesse momento tenho que ter muito cuidado e priorizar também o aspecto físico”, lembrou Comelli. Usou como parâmetro o tratamento dado a Leonardo. “São dois atletas importantes e de muita qualidade. Mas, vêm de períodos longos de recuperação. É preciso agir com cautela para podermos tirar o máximo de ambos, na hora certa”, justificou o treinador.

No meio-de-campo, a novidade será Kleber. Ele ganha a vaga de Gláucio – que sentiu uma lesão no tornozelo e sequer viaja para Natal -, com a missão de repetir o que fez no segundo tempo do jogo contra o Bahia. Com a presença de um meia mais combativo, Comelli visa dar liberdade para Cristian.

Destaque nas duas últimas partidas do Tricolor, o meia terá a missão de alimentar o ataque, pela primeira vez formado por Ricardinho e Cristiano. “Tinha a opção do Éder, que foi bem contra o Ceará. Mas, o Cristiano conseguiu aprimorar sua condição física nas últimas semanas e terá sua chance”, explicou o técnico.

Comelli mantém sua diretriz, destacando a necessidade do Tricolor realizar um segundo turno perfeito. “Só assim vamos recuperar o que não foi feito na primeira metade do campeonato”, afirmou, vendo nessa regularidade a fórmula para a sobrevivência na Série B.

“O time está adquirindo confiança. Mas, ainda temos um longo caminho pela frente. Nem penso no ano que vem. Minha cabeça está no objetivo de evitar o rebaixamento. E, para isso, ainda precisamos de muitos pontos”, arrematou Comelli.