O elenco do São Paulo se reapresentou na manhã desta segunda-feira e contou com uma boa novidade na primeira atividade da semana. O lateral-esquerdo Cortez, que não enfrentou o Mirassol no sábado por causa de dores no músculo adutor da coxa direita, foi liberado para treinar.

A comissão técnica vai avaliar a evolução de Cortez, mas a tendência é que o lateral-esquerdo tenha condições de enfrentar o Bolívar na próxima quarta-feira, no Estádio do Morumbi, pela fase preliminar da Libertadores. No triunfo por 2 a 0 sobre o Mirassol, pelo Campeonato Paulista, sua vaga foi ocupada por Carleto.

Além de Cortez, a outra novidade do treinamento do São Paulo foi o atacante Ademilson, de volta ao clube após defender a seleção brasileira no Campeonato Sul-Americano Sub-20.

Outros dois jogadores que preocupavam também não devem ser problema. Douglas, com formigamento nos pés, e Denilson, que reclamou de dores no joelho direito, fizeram uma atividade à parte no Reffis, mas não preocupam a comissão técnica.

O elenco fez um trabalho leve no Reffis enquanto os atletas que não participaram do jogo ou atuaram por pouco tempo fizeram uma atividade tática no campo. A equipe ficará concentrada em Cotia e volta às atividades nesta terça-feira, quando fará o último treino antes de encarar os rivais bolivianos.