Após a derrota por 1×0 para o Athletico, no primeiro confronto da final do Paranaense, neste domingo (2), os jogadores do Coritiba estão confiantes no fator casa para reverter a desvantagem.

O placar negativo força o Coxa a marcar dois gols para não precisar levar a decisão para os pênaltis. O duelo que vale a taça será na quarta-feira (05), no Couto Pereira, às 20h. Será a 19ª final da competição com Atletiba, a primeira na história a portões fechados. Os jogos não são abertos ao público por causa da pandemia do coronavírus.

+ Confira como foi o jogo no tempo real da Tribuna!

Na saída do jogo, o zagueiro Rhodolfo destacou o bom desempenho do time na competição para cravar uma virada no placar. O Alviverde terminou a primeira fase do Estadual na liderança, com 24 pontos somados, resultado de sete vitórias e três empates em 11 jogos.

“Tivemos a chance de definir, mas quem não mata, toma. Acho que estamos bem, fizemos um bom campeonato e vamos focar na quarta-feira que tem mais jogo. Agora vamos decidir em casa”, disse.

+ Assista ao gol de Léo Cittadini no clássico Atletiba

Outro defensor, o zagueiro Sabino lamentou a desatenção no gol sofrido aos 45 minutos, quando Léo Cirradini balançou as redes e deixou o Furacão na vantagem.

“Um clássico é decidido detalhes. Foi falha nossa que não poderíamos cometer, mas está tudo aberto. Conseguimos segurar muito bem até o final, acho que nos adaptamos bem ao jogo, mas erramos no detalhe. Agora é em nossa casa e vamos fazer bom jogo”, finalizou.


A Tribuna precisa do seu apoio! 🤝

Neste cenário de pandemia por covid-19, nós intensificamos ainda mais a produção de conteúdo para garantir que você receba informações úteis e reportagens positivas, que tragam um pouco de luz em meio à crise.

Porém, o momento também trouxe queda de receitas para o nosso jornal, por isso contamos com sua ajuda para continuarmos este trabalho e construirmos juntos uma sociedade melhor. Bora ajudar?