Na visão do técnico Marcelo Oliveira, a goleada sobre o Roma por 5 x 0 pode ser o impulso que o Coritiba precisa para vencer o segundo turno do Paranaense e sonhar com o tricampeonato. “Criou-se uma perspectiva muito boa para o segundo turno, naturalmente nos cobrando, fazendo ajustes e buscando uma melhor condição. O Coritiba perdeu o turno, mas não perdeu o seu caminho, o seu direcionamento e sua vontade de modificar a situação”, avaliou o treinador, após a partida.

Segundo ele, sem muito tempo para treinar, alguns jogadores ainda deverão se adaptar melhor para render o esperado. “O Coritiba passa por um processo. São 11 jogos em pouco mais de um mês e alguns jogadores de boa qualidade passam por um período de adaptação, sem treinamento, porque o jogo passa a ser o treinamento, e o time foi incostante coletivamente e, às vezes, individualmente. Abrindo algumas semanas, vamos trabalhar mais”, prometeu Marcelo.

Por isso, ele já coloca a conquista do segundo turno como prioridade. “Já tem um finalista e a gente vai brigar com toda a disposição, todo o empenho, vontade e qualidade para sermos o outro finalista e buscarmos o tricampeonato”, finalizou Marcelo Oliveira.

Na programação do Alviverde, está previsto para hoje um jogo-treino com equipe a ser definida. O trabalho apronto para a partida de quinta-feira contra o Toledo será amanhã no CT da Graciosa.