Depois de melhorar seu desempenho ofensivo desde que o técnico Pachequinho assumiu o comando da equipe, o Coritiba passou em branco no primeiro jogo da semifinal do Campeonato Paranaense diante do Cianorte e precisará de gols para, neste domingo (23), às 16h, no Couto Pereira, ir à final do Campeonato Paranaense. O Leão do Vale é o algoz do Coxa nesta temporada, com duas vitórias conquistas, ambas no Albino Turbay. Coincidência ou não, o atacante Kléber não participou de nenhuma das duas partidas.

O Gladiador, no seu primeiro jogo diante do Cianorte, espera mudar esse retrospecto ruim do Coritiba e ajudar o time alviverde a conseguir a vaga na decisão do Campeonato Paranaense. “Uma coisa é você ver, ouvir, mas outra coisa é jogar contra. Eu já ouvi muito bem do Cianorte, que é uma equipe forte, que marca firme, mas agora é estar em campo e poder ajudar”, afirmou Kléber.

Como tem acontecido durante o Campeonato Paranaense, o Coritiba pode esperar mais uma vez um adversário retrancado no Couto Pereira. Por isso, Kléber espera que o time coxa-branca, com a semana cheia para trabalhar, possa conseguir trabalhar bem o setor ofensivo para conseguir fazer os gols necessários para conseguir a classificação para a decisão do Estadual.

“A gente tem um grupo qualificado. A gente enfrenta um pouco de dificuldade desde o começo do campeonato e precisa melhorar. Precisa ter uma semana bastante produtiva para acertar os erros. A gente vai enfrentar, com certeza, um time muito retrancado, então precisa criar. De que forma, a gente não sabe. Precisa ter uma semana produtiva para conseguir encaixar nosso ataque para fazer os gols”, emendou Kléber.

O Coritiba, nos 16 jogos que fez até agora na temporada, não marcou gols em sete partidas. Se isso se repetir, o Verdão será eliminado do Estadual pelo Cianorte. O Coxa, porém, depois de ter, nas primeiras rodadas do Paranaense, um dos piores ataques do torneio, já aparece com o melhor rendimento ofensivo da competição ao lado do Paraná Clube com 23 gols marcados.