Torcedores do Coritiba voltaram a pressionar pela saída do diretor de futebol Rodrigo Pastana. Na noite de segunda-feira (17), com palavras de ordem e muitos xingamentos, as torcidas organizadas Curva 1909, Dragões Alviverde e Império Alviverde protestaram em frente ao estádio Couto Pereira pedindo a demissão do responsável pelas contratações do time.

TABELA: veja a classificação do Brasileirão

O presidente Samir Namur, principal responsável por segurar o executivo no cargo até agora, também foi alvo dos manifestantes. A gestão do mandatário encerra em dezembro.

A pressão pela saída de Pastana vem aumentando após a perda do título paranaense para o rival Athletico, seguida por três derrotas nas primeiras três rodadas do Brasileirão. Na semana passada, os pedidos de demissão começaram com faixas colocadas no Couto. Em outro dia, as paredes do estádio amanheceram pichadas.

No sábado (12), data da partida contra o Flamengo, houve aglomeração de torcedores na entrada do ônibus coxa-branca no estádio e mais reclamações dirigidas ao diretor de futebol.

O Coxa volta a campo nesta quarta-feira (19), às 21h30, contra o Corinthians, em São Paulo. Depois, no domingo (23), time encara o Red Bull Bragantino também fora de casa.

+ Mais do Coxa:

+ Athletico e Coritiba faturam com direitos internacionais de transmissão
+ Cinco desafios de Barroca para continuar no Coritiba