Em meio a um surto de coronavírus no clube, o Coritiba terá diversos desfalques para a partida contra o Bahia, nesta segunda-feira (16), às 18h, no Couto Pereira. No total, são sete jogadores infectados, além do técnico Rodrigo Santana e mais sete pessoas do staff.

Nesta semana, dois atletas que testaram positivo são os atacantes Ricardo Oliveira e Nathan. Já neste sábado (14), mais dois atletas testaram positivo após teste protocolar realizado pela CBF. Os nomes dos jogadores não foram divulgados.

No boletim, o Coxa informou que os jogadores já estão em isolamento e estão fora da partida contra o Bahia.

Com isso, a tendência é que o auxiliar Pachequinho, que comandará a equipe, deva mandar a campo a mesma base que empatou por 2×2 com o Internacional na rodada passada, mas com mudanças nas laterais e no ataque.

+ Confira a classificação completa do Brasileirão!

Na esquerda, William Matheus, que foi liberado por conta do falecimento da mãe, está novamente á disposição e deve recuperar a posição ocupada por Mattheus Oliveira, que atuou improvisado.

Já na direita, Pachequinho pode promover a estreia de Mailton, que chegou por empréstimo do Atlético-MG e já vinha com ritmo de jogo, vindo para um setor carente.

No ataque, com Ricardo Oliveira ainda aguardando uma contraprova do teste de Covid-19, a tendência é que Rodrigo Muniz seja utilizado.

Desta forma, o Alviverde deve ir a campo com: Wilson; Mailton, Rodolfo Filemon, Sabino e William Matheus; Hugo Moura, Mateus Sales e Giovanni Augusto; Neilton, Robson e Muniz.

+ Mais do Coxa:

+ Wilson fala sobre renovação e aposentadoria no Coritiba
+ Coritiba pode contratar meia da segunda divisão da Colômbia
+ Entre os maiores zagueiros-artilheiros, Sabino mira top-5 no Coritiba


A Tribuna precisa do seu apoio! 🤝

Neste cenário de pandemia por covid-19, nós intensificamos ainda mais a produção de conteúdo para garantir que você receba informações úteis e reportagens positivas, que tragam um pouco de luz em meio à crise.

Porém, o momento também trouxe queda de receitas para o nosso jornal, por isso contamos com sua ajuda para continuarmos este trabalho e construirmos juntos uma sociedade melhor. Bora ajudar?