Um pouco mais tranquilo depois de vencer o Guarani, no início da semana, o Coritiba tem o cenário favorável para voltar ao G4 da Série B do Campeonato Brasileiro. Neste sábado, às 16h30, diante do Criciúma, no Couto Pereira, o time coxa-branca terá o fator casa a seu favor contra um dos piores times da segunda divisão para, quem sabe, voltar a embalar na segunda divisão. Será também uma boa oportunidade para a equipe alviverde fazer as pazes com a torcida e deixar boas lembranças no aniversário de 110 anos do clube.

O adversário vem mal das pernas. Está na antepenúltima posição e ameaçado pelo risco de rebaixamento à Série C. Mas se engana quem pensa que o Coritiba terá alguma facilidade diante do tigre catarinense. O time coxa-branca está alerta para não ser surpreendido e, consequentemente, emplacar novamente uma sequência de vitórias na Série B.

+ Leia mais: Após deixar Rodrigão no banco, Nathan quer seguir como titular do Coritiba

“Particularmente jogos contra os times da parte debaixo são mais difíceis. O Guarani, que há quatro ou cinco rodadas não estava bem, teve uma crescente e fez um bom jogo contra nós. É um jogo importante contra o Criciúma, no aniversário do clube. Esperamos que o torcedor venha, nos apoie. Para nós, em campo, é um ânimo a mais para conseguir os três pontos”, cravou o volante Serginho.

O duelo contra o Criciúma será o quarto seguido em Curitiba. O Coritiba se dispôs a somar pelo menos dez pontos nesses compromissos, mas falhou nessa missão ao perder o clássico para o Paraná Clube, na Vila Capanema. Mas para o volante Serginho, uma vitória vai fazer o Coxa sair desses jogos caseiros de maneira positiva.

+ BAIXE E OUÇA O PODCAST DE LETRA! O papo da semana foi sobre jogadores estrangeiros!

“A gente vinha conversando sobre esses quatro jogos dentro de Curitiba. São duelos importantes. Infelizmente no clássico não conseguimos a vitória, mas ainda podemos somar nove pontos desses 12 disputados. Vamos buscar isso contra o Criciúma e se acontecer já acaba ajudando bastante para o decorrer da competição”, emendou.

Faltam 12 jogos para o final da Série B. O Coritiba, se vencer o Criciúma, pode entrar no G4 e ainda tem uma partida para disputar diante do Cuiabá, no final deste mês. Neste momento, apesar de pregar o pensamento jogo a jogo, é impossível não olhar a tabela. A segunda divisão está muito equilibrada e emplacar uma sequência de vitórias agora pode ser fundamental para as pretensões do Verdão de conseguir o acesso.

+ Confira a classificação completa da Série B!

“A gente vê na classificação que está bem embolado e temos que buscar pontuar o máximo possível. Não podemos mais dar brecha em momento algum para chegar no G4 e conseguir a pontuação na sequência dos jogos. Não existe jogo fácil na Série B, seja contra times que estão embaixo ou na parte de cima. Temos que encarar com muita seriedade para conquistar as vitórias”, emendou o atacante Nathan.

Antes de a Série B entrar de vez na reta decisiva, o volante Serginho espera que o Coritiba possa encaminhar o acesso, sem deixar para as últimas rodadas. “Penso que temos somar os pontos o mais rápido possível para ter o acesso. Temos que fazer o nosso melhor e não deixar para as últimas rodadas. Quando faltar cinco, quatro ou três rodadas fica tudo mais difícil. Então, quanto mais rápido a gente somar os pontos conseguiremos ter nosso final de ano feliz, com o objetivo conquistado”, arrematou.

Mais do Coxa:

+ Cuiabá x Coritiba já tem data marcada
+ Veja o que Pablo Thomaz fez pelo Coxa no Brasileirão sub-20