Tentando embalar novamente na disputa da Série B do Campeonato Brasileiro, o Coritiba vai tentar explorar a fase de instabilidade que o Paraná Clube atravessa jogando em casa no clássico deste sábado (5), às 16h30, na Vila Capanema. O time paranista aparece com um dos piores rendimentos como mandante na segunda divisão e isso é algo que o Coxa quer aproveitar. O atacante Robson, que já passou pelo Tricolor, conhece bem o clima que vai encontrar no duelo no Durival Britto.

“Tive uma boa passagem no Paraná. Me senti em casa, como me sinto hoje aqui no Coritiba. Estou muito feliz aqui e a gente precisa também pegar o lado deles, que não vêm em uma boa fase quando jogam em casa, e mostrar nossa força. Sabemos que será difícil, mas vamos focados, determinados, com os pés no chão e sabendo que será um jogo muito duro”, afirmou ele.

O Alviverde espera devolver a derrota sofrida no clássico do primeiro turno, no Couto Pereira. Não que entre com a obrigação de vencer, mas Robson garantiu que um bom resultado será fundamental para as pretensões do Coritiba na busca pelo acesso.

Robson passou duas vezes pelo Paraná. A última foi em 2017, no ano do acesso do Tricolor. Foto: Albari Rosa
Robson passou duas vezes pelo Paraná. A última foi em 2017, no ano do acesso do Tricolor. Foto: Albari Rosa

“Foi difícil perder em casa, ainda mais sendo clássico. Temos que pegar isso e transformar em determinação e vontade. Não foi fácil, ainda mais que temos um objetivo de ter o acesso. Precisamos entrar focados, nos manter calmos e precisamos dos três pontos se a gente quer o acesso”, concluiu.

+ Confira a classificação completa da Série B!

O Paraná Clube tem o sexto pior aproveitamento como mandante na Série B. Em 12 partidas, conseguiu apenas três vitórias, oito empates e perdeu uma vez, com rendimento de 47%.

Leia mais:

+ Coxa encara clássico como um divisor de águas
+ Torcida do Coritiba e diretoria se estranham após protesto
+ Jorginho já tem a confiança do elenco do Coritiba