Para dar mais consistência ao meio-de-campo e ataque na primeira partida fora de casa neste Campeonato Brasileiro, o técnico Paulo Bonamigo deverá fazer uma alteração no time do Coritiba que enfrenta a Ponte Preta, nesta quarta-feira, às 20h30, no Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas. ?Jogar em Campinas é difícil e exige maior atenção?, alegou Bonamigo. ?A equipe vai ter de pegar muito.? O atacante Genilson deve sair, dando lugar provavelmente a Lima, embora Alexandre Fávaro também tenha treinado.

O técnico defendeu seus jogadores, afirmando que em nenhum momento faltou vontade na partida contra o Vitória, mas não gostou do posicionamento dos dois atacantes – Genilson e Da Silva – que caiam sempre pelo lado esquerdo. ?Ao invés de ter duas referências na frente, precisamos de uma opção de mobilidade nos lados do campo?, disse Bonamigo. ?Isso vai tornar a equipe mais equilibrada no aspecto ofensivo.? Segundo ele, no início de qualquer competição é ?normal? haver ?pequenas alterações de posicionamento?.

Bonamigo acredita que o jogo será bastante competitivo, em razão da torcida campineira, que empurra a Ponte Preta. ?O que não podemos é ter medo, precisamos ter personalidade.? Ele espera que, com disciplina tática e posicionamento correto, o Coritiba imponha o ritmo e faça da pressão da torcida sua aliada. O meia Sérgio Manoel, que não jogou contra o Vitória, continua se recuperando de uma lesão no pé direito. A expectativa é que ele possa participar do jogo contra o Bahia, domingo, na Fonte Nova.

Coritiba – Fernando; Reginaldo Araújo, Edinho Baiano, Pícoli e Adriano; Reginaldo Nascimento, Roberto Brum, Lúcio Flávio e Tcheco; Lima (Alexandre Fávaro) e Da Silva. Técnico – Paulo Bonamigo.