Thiago Heleno chegou até mesmo a ser aprovado nos exames médicos. Mas depois de sua transferência ser dada praticamente como definida, o Corinthians informou nesta terça-feira, em comunicado oficial, que as negociações com o zagueiro foram suspensas.

Na semana passada, o Cruzeiro vendeu os direitos do jogador de 21 anos para um grupo de empresários. Ele seria então registrado em um clube uruguaio e, na sequência, repassado ao Corinthians. Mas segundo afirmou o clube paulista, as exigências dos investidores impediram o acerto.

“Em razão das absurdas exigências formuladas pelos advogados dos investidores que adquiriram os direitos econômicos do jogador Thiago Heleno junto ao Cruzeiro, as negociações para a vinda do atleta ao Sport Club Corinthians Paulista encontram-se suspensas”, revelou o Corinthians.

O zagueiro era um pedido especial do técnico Adilson Batista, que trabalhou com o jogador no Cruzeiro, e brigaria por uma vaga na defesa com Chicão, William, Paulo André e Leandro Castán.