SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) – O presidente da Suíça, Alain Berset, não está no grupo daqueles que temem o Brasil. Para ele, a seleção de seu país está pronta para um grande feito na estreia da Copa do Mundo, às 15h deste domingo, em Rostov.

“Os amistosos preparatórios [1 a 1 contra a Espanha e 2 a 0 contra o Japão] foram muito bons. Nós temos uma expectativa muito alta do nosso time contra o Brasil”, disse Berset, que acompanhará o jogo no estádio. “As Eliminatórias foram uma grande jornada, e é maravilhoso ver nossos jogadores aqui.”

A Suíça fez a quinta melhor campanha nas Eliminatórias da Europa. Ficou em segundo lugar no Grupo B, com os mesmos 27 pontos de Portugal. Na repescagem, derrubou a Irlanda do Norte com uma vitória por 1 a 0 em casa e um empate por 0 a 0 fora.

O confronto deste domingo será o segundo entre brasileiros e suíços na história das Copas. Em 1950, no Pacaembu, o jogo terminou empatado por 2 a 2, ainda pela primeira fase.