2019 está acabando e até aqui o Trio de Ferro pouco se movimentou no mercado. Por enquanto, só o Athletico confirmou um único reforço, enquanto o Coritiba está especulando algumas opções e o Paraná Clube está parado.

A tendência é que nesta semana, quando os clubes retornam aos treinamentos para iniciar a pré-temporada, as novidades sejam confirmadas. No entanto, aproveitando esta onda de ano novo, a Tribuna do Paraná resolveu dar uma pequena ajuda às nossas equipes e resolveu indicar alguns nomes que estão livres no mercado.

Não quer dizer que, necessariamente, eles estão na mira dos nossos times ou até se encaixam no orçamento de cada clube para 2020. É apenas um exercício de criatividade ou uma ‘sugestão’, que possa vingar eventualmente.

Confira algumas opções:

Goleiro:

Fernando Prass – Aos 41 anos, o goleiro se desligou do Palmeiras, onde jogava desde 2013. Porém, ele já garantiu que não é uma aposentadoria e está disponível para jogar por mais um tempo.

Laterais:

Léo Moura – Outro que já passou dos 40 anos, mas não quer pendurar as chuteiras. O lateral-direito não vai ficar no Grêmio, mas ainda quer jogar por pelo menos mais uma temporada.

Bruno – O lateral-direito de 34 anos pouco jogou em 2019 e encerou seu contrato com o Internacional. Já teve passagens por Fluminense, São Paulo e Bahia.

Zagueiros:

Rhodolfo – Reserva do Flamengo, jogou apenas 14 jogos em 2019. Aos 33 anos, não renovará contrato com o atual campeão brasileiro e da Libertadores e deve procurar outro destindo em 2020.

Paulão – O zagueiro chegou ao Fortaleza já com o segundo turno do Brasileirão em andamento, mas logo se tornou titular e peça fundamental na reação do time, que quase beliscou uma vaga na Libertadores. Estava emprestado pelo Internacional, mas não renovará com o clube gaúcho.

Meias:

Elias – O volante, de 34 anos, encerrou seu vínculo com o Atlético-MG. Experiente, o jogador estava no Galo desde 2017 e teve boas passagens por Corinthians e Flamengo, além de ter jogado no Atlético de Madrid, da Espanha, e no Sporting, de Portugal.

Elias deixou o Atlético-MG após três temporadas. Foto: Bruno Cantini/Atlético-MG

Ricardinho – Capitão do Ceará, o volante terminou seu contrato de três anos e até agora não foi procurado para renovar. A tendência é que tenha um novo destino para o ano que vem. Em 2019, foram 52 jogos e dois gols.

Camilo – Aos 33 anos, o meia tenta resgatar o bom futebol apresentado na primeira passagem pela Chapecoense e também no Botafogo. Em 2019, foram 28 jogos pela Chape, sendo alguns deles saindo do banco, e um único gol marcado. O baixo rendimento fez com que ele não fique no clube catarinense.

Thiago Neves – O jogador ficou sem clima para seguir no Cruzeiro. Atitudes extra-campo, polêmicas, pênalti decisivo perdido e declarações um tanto quanto conturbadas fizeram com que ele seja liberado pela Raposa. O que atrapalha é o alto salário do atleta.

Thiago Neves não tem mais clima pra seguir no Cruzeiro, mas tem alto salário. Foto: Bruno Haddad/Cruzeiro

Cueva – O peruano pertence ao Santos até o dia 30 de janeiro de 2020. Polêmico, pouco foi aproveitado no Peixe, entrando em campo apenas 16 vezes. Será mais lembrado pelo que fez fora de campo do que com a bola rolando. Até por isso, dificilmente renovará contrato.

Jonathan Gómez – O argentino pertence ao São Paulo, mas se destacou no CSA. Em 26 jogos, foram cinco gols. Apesar de ter vínculo com o tricolor paulista até junho de 2020, está disponível para ir para outro time.

Atacantes:

Diego Souza – O jogador, que pertence ao São Paulo, estava emprestado ao Botafogo. Porém, o vinculo com os dois clubes está acabando e nenhum do times demonstrou interesse na renovação, por conta do alto salário. Em 2019, ele disputou, no total, 41 jogos e marcou 11 gols.

Diego Souza está fora dos planos do Botafogo para 2020 e não deve renovar contrato. Foto: Vitor Silva/Botafogo

Rafael Moura – O He-Man mostrou que ainda tem faro de gol. Em 23 jogos no Campeonato Brasileiro pelo Goiás, o atacante marcou nove gols – sendo seis deles nas últimas cinco rodadas. O contrato dele com o clube goiano se encerrou e eles não chegaram a um acordo ainda.

Rafael Sóbis – Outro nome experiente livre no mercado. Aos 34 anos, ele jogou regularmente pelo Internacional em 2019, mas não renovou contrato. O Ceará já abriu negociações com o atleta.

Geuvânio – O atacante explodiu no cenário nacional entre 2014 e 2015, quando se destacou pelo Santos. Depois, foi para a China e na sequência retornou ao Brasil para jogar por Flamengo e Atlético-MG, onde não mostrou o mesmo futebol. Ainda assim, o jogador de 27 anos tem como características a velocidade e a habilidade, caindo pelos lados do campo.