Muitos dos principais nomes da natação mundial estão em Vichy Val D’Allier para, entre sexta-feira e sábado, participar do tradicional Aberto da França. Entre as estrelas, dois brasileiros: Cesar Cielo, líder do ranking mundial nos 50m livre, e Thiago Pereira, que vai em busca do bicampeonato nos 200m medley.

Na prova mais rápida da natação, sábado, Cielo vai enfrentar nomes como o francês Florent Manadou, campeão olímpico em Londres/2012, e o australiano James Magnussen, campeão mundial nos 100m livre no ano passado. O brasileiro nada pela primeira vez desde que marcou 21s39 no Troféu Maria Lenk, em abril.

Um ano atrás, em preparação para o Mundial de Barcelona, Cielo faturou prata, com 21s78, ficando atrás de Manaudou (21s64) e à frente de James Magnussen (21s84). Agora, tem como meta completar a prova em 21s50. “(No ano passado) eu estava mais bem preparado, mais perto do Mundial de Barcelona”, lembra.

“Eu não nadei mais depois do Maria Lenk e esta será uma competição para pegar ritmo depois de um bloco grande de treinos. Mesmo assim, quero um resultado razoável para dar o tom para o restante da temporada”, ressaltou Cesar Cielo, que também vai participar dos 50m borboleta, sexta. Ele lidera o ranking mundial na prova, com 23s01. O brasileiro está inscrito nos 100m livre, que ele voltou a nadar este ano, mas ainda não decidiu se cairá na piscina.

Já Thiago Pereira terá uma maratona pela frente na França, uma vez que está inscrito em seis provas: 200m e 400m livre e medley, 50m e 100m borboleta. Se chegar à final A ou B em todas elas, nadará 3.000 metros em dois dias.

Com o tempo de 1min57s98 que fez no Maria Lenk, Thiago é o sétimo do ranking mundial dos 200m medley. Em Vichy Val D’Allier, deverá ter como principal rival o húngaro Laszlo Cseh. “No Aberto da França vou tentar o bicampeonato nos 200 m medley e testar outras provas, assim como venho fazendo na temporada. O nosso ápice será no mês que vem, no Pan-Pacífico da Austrália”, destacou.

Além de Cielo e Thiago, o Brasil terá no Aberto da França nomes fortes como Nicholas Santos, Marcelo Chierighini, João Gomes Júnior, Nicolas Oliveira, Tales Cerdeira, Raphael Rodrigues, Graciele Herrmann e Alessandra Marchioro.