Sem poder contar com o volante Heleno, suspenso, o Ceará terá nesta quarta-feira a estreia do veterano Edmílson, que foi pentacampeão mundial com a seleção brasileira em 2002. Depois de fazer uma preparação especial desde que foi contratado no final de junho, o jogador de 35 anos deve ser titular no jogo contra o Avaí, a partir das 19h30, no Estádio Presidente Vargas, em Fortaleza, pela 13ª rodada do Brasileirão.

Além da estreia de Edmílson, o Ceará ainda terá outra novidade no meio-de-campo: Felipe Azevedo entra no time, o que faz Enrico voltar para reserva. Assim, o técnico Vagner Mancini espera se recuperar da derrota por 4 a 0 para o Fluminense na última rodada, que deixou o clube cearense com 18 pontos, na 10ª posição do campeonato.

Vagner Mancini reforçou que o importante é não perder pontos em casa. Só que o Ceará tem um desempenho irregular como mandante no Brasileirão: dos sete jogos que disputou, perdeu dois (Vasco e São Paulo), empatou um (Botafogo) e ganhou quatro (Palmeiras, Atlético-MG, América-MG e Atlético-PR). Agora, a ordem é bater o Avaí.

Para o jogo desta quarta-feira, o atacante Marcelo Nicácio espera um adversário retrancado. “Eles virão fechado, mas são perigosos no contra-ataque. Temos que sufocar o Avaí para logo fazer gols e garantir a vitória”, disse o jogador, que já marcou três gols no Brasileirão e será novamente titular do time.