A CBF anunciou nesta quinta-feira a criação de uma seleção feminina de futebol permanente. A decisão visa fortalecer a modalidade no País, além de evoluir a equipe que representará o Brasil na Copa do Mundo do ano que vem, no Canadá, e, principalmente, nos Jogos Olímpicos de 2016, no Rio.

O técnico Vadão e sua comissão técnica estão sendo parte fundamental na definição dos padrões desta seleção permanente. Eles serão ouvidos antes que seja decidido os moldes da organização desta equipe.

“Os presidentes José Maria Marin (atual mandatário) e Marco Polo Del Nero (atual vice-presidente e mandatário eleito) estão dando todo o apoio que precisamos. Todos os pedidos estão sendo atendidos em prol da seleção feminina e do futebol feminino”, exaltou Vadão.

Com o anúncio da criação, o próximo passo é definir os moldes de concentração, número de jogadoras e local de treinamento da seleção, o que deve acontecer em breve, de acordo com o site da CBF.

Enquanto isso não acontece, a seleção brasileira segue na disputa do Torneio Internacional de Brasília. Já classificada para a decisão, a equipe enfrentaria a China na última quarta-feira, mas as fortes chuvas que caíram na capital do País fizeram com que a partida fosse adiada para esta quinta, às 21h50.