Substituto de Rodrigo Souto na vitória por 4 a 0 sobre o Bragantino, no último sábado, no Morumbi, pelo Campeonato Paulista, o volante Casemiro teve uma boa atuação no confronto pelo São Paulo e ganhou ainda mais moral com o técnico Paulo César Carpegiani. O prestígio do jogador já havia crescido depois de ele disputou com brilho o Campeonato Sul-Americano Sub-20, no Peru, no qual mostrou até sua vocação ofensiva ao marcar três gols.

Casemiro entrou no time são-paulino contra o Bragantino depois de Souto ser vetado do duelo por causa de dores na coxa direita. Agora ainda mais confiante, ele espera ganhar nova chance no time titular no clássico do próximo domingo, contra o Palmeiras, no Morumbi, na próxima rodada do Paulistão.

“Voltei jogando bem e o time goleou. Isso é o mais importante. O treinador está me dando confiança e fica mais fácil de jogar assim. É uma disputa sadia. O Rodrigo Souto tem uma qualidade imensa. Mas estou fazendo um bom trabalho. Se não for agora, vou continuar trabalhando para ser titular, que é meu grande objetivo”, ressaltou o jovem volante, que completará 19 anos nesta quarta-feira, em declaração publicada nesta segunda pelo site oficial do São Paulo.

Carpegiani, por sua vez, admitiu que poderá manter Casemiro como titular diante do Palmeiras. “O Casemiro jogou muito bem. Vou cobrá-lo bastante. Ele faz a bola andar e tenho conversado muito sobre o que eu quero dele em campo. É um jogador que me agradou em todos os aspectos. Existe sim a possibilidade de continuar com ele na equipe”, disse o treinador.

Alçado ao time profissional do São Paulo no meio do ano passado, após ter sido campeão da Copa São Paulo de 2010, Casemiro já acumula 19 partidas pela equipe, nas quais marcou dois gols. Na quarta-feira passada, chegou a viajar com o grupo são-paulino para a Paraíba, onde o time estreou na Copa do Brasil contra o Treze, mas ele ficou apenas no banco de reservas diante do rival paraibano.