A classificação do Corinthians na Copa Sul-Americana já é passado para o técnico Fábio Carille. Ele festejou o resultado, diante do bom time da Universidad de Chile, mas já começa a pensar na estreia da equipe no Campeonato Brasileiro, neste sábado, contra a Chapecoense, no estádio Itaquerão, em São Paulo. Para o treinador, o time vai longe na competição nacional.

“A partir de agora começa a preparação para jogo com a Chapecoense. Depois na sequência vem o Vitória e vamos indo passo a passo. Não sei até onde o time pode chegar. Nós vamos brigar jogo a jogo e vamos guerrear muito. Acho que a gente vai longe, com concentração e determinação”, afirmou o treinador, feliz da vida pela classificação no Chile.

“Desde o começo do trabalho, lá na Flórida, sempre deixei muito claro o interesse dos atletas cada vez maior sobre a ideia de jogo, o que tem de fazer. Eles estão cumprindo função com e sem bola e tivemos um resultado grandioso. Quando sortearam os adversários, disseram que o Corinthians pegava o rival mais forte entre os estrangeiros. Conseguimos passar”, vibrou.

Para Fábio Carille, a partida do Corinthians contra a Universidad de Chile foi uma das melhores do time na temporada. “Estou muito feliz. Tudo o que foi planejado aconteceu no jogo. Não tivemos tempo para treinar no campo depois da decisão de domingo pelo Paulista. Foi à base de vídeos, conversa, e a compreensão dos atletas foi muito boa. Uma das melhores partidas do Corinthians no ano, com certeza”, concluiu o treinador.