Na véspera da partida contra o Uruguai, a seleção brasileira fez nesta terça-feira o tradicional treino de reconhecimento no gramado do Mineirão, em Belo Horizonte, visando a semifinal da Copa das Confederações.

Luiz Felipe Scolari aproveitou a oportunidade para comandar um trabalho de posicionamento em campo reduzido. Ao utilizar somente metade da área do gramado, o treinador se preocupou em compactar o time, reforçando o preenchimento dos espaços em campo, como fez na partida contra a Itália, em Salvador.

Felipão acredita que esta será a melhor forma de neutralizar o bom ataque uruguaio, formado por Cavani, Suárez e Forlán. Também poderá tirar maior rendimento do ataque. Com esta estratégia, marcou quatro vezes contra a seleção italiana.

Durante a atividade, os jogadores deixaram o trabalho de posicionamento para bater pênaltis. Fred perdeu uma cobrança e converteu outra. Neymar acertou duas vezes, mas desperdiçou uma penalidade. Hernanes, Lucas, Jô, Oscar e Paulinho finalizaram uma vez e converteram. Já David Luiz perdeu a única cobrança.