A seleção brasileira masculina de vôlei venceu os Estados Unidos por 3 sets a 0, com parciais de 31/29, 25/23 e 25/23, nesta quarta-feira, em Kyoto, no Japão, e assumiu a liderança da Copa dos Campeões. Com o resultado, o Brasil chegou aos seis pontos e ficou dois à frente da Itália, que nesta quarta acabou surpreendida pelo Irã ao cair por 3 sets a 2.

Depois de disputar dois jogos em Kyoto, onde na última terça-feira estreou com vitória por 3 a 1 sobre os iranianos, o time comandado pelo técnico Bernardinho segue para Tóquio, onde fechará a sua participação na competição em duelos contra Japão, Rússia e Itália, nesta ordem. Depois de folgar na tabela do torneio nesta quinta, o Brasil voltará a jogar na sexta-feira, quando irá encarar os japoneses a partir das 8h10 (horário de Brasília).

O principal destaque brasileiro na vitória sobre os norte-americanos foi o ponteiro Maurício Borges, maior pontuador do time, com 13 acertos, sendo que ele ainda foi eleito o melhor em quadra pela Federação Internacional de Vôlei (FIVB). O oposto Wallace, com 12 pontos, e o central Sidão, com nove, também estiveram bem. Anderson Matthew, dos Estados Unidos, foi o maior pontuador do confronto, com 17 acertos.

O JOGO – O duelo diante dos Estados Unidos foi equilibrado como de costume e definido nos detalhes a favor do Brasil nos três sets. No primeiro deles, a seleção conseguiu abrir uma vantagem de três pontos nos dois primeiros tempos técnicos, ao fazer 8 a 5 e 16 a 13. Em seguida, em bloqueio de Lucão, os brasileiros fizeram 18 a 15. Entretanto, os norte-americanos reagiram na reta final da parcial, empataram em 22 a 22 e a alternância de pontos seguiu até que Sidão conseguiu assegurar 27 a 26 com um ataque e depois com um saque. Mas o set só foi ser fechado com Maurício Borges, que liquidou em 31 a 29.

No segundo set, os Estados Unidos é que tomaram primeiro a dianteira no placar e chegaram a ir para a segunda parada técnica com a boa vantagem de 16 a 11. Entretanto, o Brasil começou a reagir aos poucos, reduziu o placar para 18 a 15 e depois para 19 a 17. Em, em um bloqueio de Evandro, empatou em 20 a 20. E, após a igualdade seguir até o 23 a 23, a equipe nacional fez 24 a 23 e, mais uma vez com Maurício Borges, fechou a parcial em 25 a 23.

No terceiro set, o Brasil voltou a mostrar que estava mais perto da vitória ao abrir fazer 7 a 4 em um ponto de Wallace. Os norte-americanos, porém, não se entregavam e rapidamente foram buscar a diferença e chegaram a empatar em 22 a 22 na reta final do set, quando Bernardinho pediu tempo. E, após um ataque de Wallace, o match point acabou vindo para os brasileiros, que aproveitaram a chance e encerraram a partida com um bloqueio.

Com a derrota desta quarta, os Estados Unidos estacionaram nos três pontos e ficaram na terceira posição da Copa dos Campeões, enquanto o Irã vem logo atrás, com dois pontos. Em jogo a ser encerrado ainda nesta quarta, Rússia e Japão, derrotados em suas estreia, fecham a segunda rodada da competição.

O Brasil entrou em quadra nesta quarta com Bruno, Wallace, Sidão, Lucão, Lucarelli e Maurício Borges, além do líbero Mário Jr. Durante o duelo, Evandro, Raphael e Maurício Souza foram colocados em quadra por Bernardinho, que está usando essa Copa dos Campeões também para testar novos valores do vôlei nacional.