A seleção brasileira feminina de basquete está nas semifinais da Copa América, que está sendo disputada na cidade de Xalapa, no México. Nesta terça-feira, pela quarta rodada do Grupo B, o time comandado pelo técnico Luiz Zanon derrotou a Argentina por 69 a 60 (33 a 27 no primeiro tempo) e chegou à terceira vitória em três jogos na competição.

O resultado positivo deixou o Brasil muito perto de assegurar a primeira colocação da chave. Nesta quarta, a seleção encerra a fase de classificação contra o México, às 22h45 (de Brasília), mas pode entrar em quadra até com o primeiro lugar já garantido se Porto Rico perder para a República Dominicana no jogo que acontecerá antes.

Com a vaga na semifinal, que acontecerá nesta sexta, o Brasil está a apenas uma vitória da classificação ao Mundial do ano que vem, que será na Turquia. A adversária das brasileiras será definida nesta quarta, quando Cuba e Canadá, já classificadas com 100% de aproveitamento, se enfrentarão pelo primeiro lugar do Grupo A. A Copa América rende três vagas para o Mundial. As finalistas já se classificam e a última vaga sai da disputa do terceiro lugar.

No jogo, a seleção brasileira alternou bons e maus momentos em quadra. Começou bem, abriu 10 a 3, mas terminou o primeiro quarto perdendo por 19 a 18. Depois, se recuperou e foi para o intervalo com seis pontos de vantagem.

A maior oscilação aconteceu no terceiro período. Após abrir uma boa vantagem nos primeiros minutos, o Brasil deixou as argentinas ficarem a apenas quatro pontos de distância, mas Zanon pediu um tempo para acalmar as jogadoras e a resposta veio com um melhor desempenho e o placar de 54 a 45 para o último quarto.

Só que mais uma vez o time se perdeu em quadra no início do período final e a Argentina até chegou a ficar na frente por 57 a 56 a 4 minutos e 20 segundos do final. Com uma cesta de três de Adrianinha, o Brasil retomou a ponta e assegurou a vitória. As destaques brasileiras foram Karla e Adrianinha, com 13 pontos cada, e Damiris, autora de 14 pontos e 13 rebotes.