O Londrina segue seu martírio na Série B. Jogando fora de casa, o Tubarão foi presa fácil para o líder Bragantino e foi goleado por 4×1, na tarde deste sábado (21), no Nabi Abi Chedid. Foi a sétima derrota do time nos últimos dez jogos na Série B. Neste período, a única vitória foi na rodada passada, quando bateu o Coritiba e parecia esboçar uma reação, que não se concretizou.

Com o resultado, o Alviceleste caiu para o 13º lugar e segue com 28 pontos, apenas quatro a mais que o Vila Nova, que é quem abre a zona de rebaixamento. A equipe volta a campo na próxima terça-feira (24), quando encara o Sport, às 19h15, no Café.

O jogo se decidiu rapidamente. Com menos de 20 minutos, o Bragantino marcou dois gols que desmontaram o Londrina. O primeiro foi aos 11, e uma verdadeira pintura. Claudinho cobrou falta ao melhor estilo de Ronaldinho Gaúcho contra a Inglaterra, pela Copa do Mundo de 2002, e surpreendeu a todos. Quando era esperado um cruzamento na área, o atacante bateu direto para o gol e a bola morreu no canto direito de César. O próprio Claudinho admitiu depois que o objetivo era cruzar, mas a bola pegou um efeito com o vento e foi direto.

Ainda atormentado pela jogada, o Tubarão tomou o segundo logo depois, em um vacilo da defesa. Aos 19, Léo Ortiz cruzou para a área e Ligger, na pequena área, tocou, exigindo grande defesa de César. Porém, a bola ficou viva na área, a zaga não conseguiu cortar e Morato pegou a sobra para ampliar.

+ Confira a classificação completa da Série B!

Depois disso, os donos da casa não tiraram o pé do acelerador e seguiram controlando a partida e indo pra cima. Ao Alviceleste não havia outra alternativa que não fosse fechar a casinha na defesa e explorar os contra-ataques. Espaço, a equipe de Cláudio Tencati até teve, mas não aproveitou. Principalmente quando teve a chance com três atacantes contra um marcador, mas Paulinho Moccelin tocou fraco para Luidy e a defesa do adversário cortou.

No segundo tempo, o Bragantino manteve a pressão. Desde o começo, encurralou o Londrina e tentava ampliar a vantagem. Só que o duelo perdeu um pouco do ritmo. Nenhuma das equipes dava trabalho para os goleiros adversários. Ainda sentindo o baque, o Tubarão seguia errando muito, não conseguindo fazer a bola chegar até o ataque.

Para piorar, o Massa Bruta cresceu e passou a rondar a área. Aos 28, o goleiro Matheus Albino, que entrou no intervalo, fez grande defesa em chute de Matheus Peixoto. Só que dois minutos depois não conseguiu salvar. Após um novo erro na saída de bola do Tubarão, Claudinho recebeu na área e tocou na saída do goleiro. A bola ia entrando no gol, mas Wallace tirou em um primeiro momento, só que não conseguiu salvar. Léo Rigo então colocou a mão para evitar o gol e acabou expulso, com o árbitro marcando pênalti, que Matheus Peixoto cobrou com um forte chute e fazendo o terceiro.

Léo Passos marcou o gol de honra do Tubarão. Foto: Gustavo Oliveira/Londrina
Léo Passos marcou o gol de honra do Tubarão. Foto: Gustavo Oliveira/Londrina

O Alviceleste ainda fez o de honra. Aos 37, Léo Passos foi derrubado dentro da área e o juiz assinalou o pênalti. O próprio Léo Passos cobrou e o goleiro Júlio César defendeu com os pés. Só que o atacante pegou a sobra e mandou para as redes. Mas era tarde para uma reação.

Nos acréscimos, o Bragantino decretou o placar final. Aos 47, Morato avançou pela direita, passou por Wallace e cruzou rasteiro para Robinho, encher o pé e marcar o quarto e último gol do jogo.

Ficha técnica

SÉRIE B
2º turno – 23ª rodada

BRAGANTINO 4×1 LONDRINA

Bragantino
Júlio César; Aderlan, Léo Ortiz, Ligger e Rafael Carioca; Ricardo Ryller (Pedro Naressi), Uillian Correia e Bruno Tubarão (Robinho); Morato, Claudinho e Matheus Peixoto (Roberson).
Técnico: Antônio Carlos Zago

Londrina
César (Matheus Albino); Alemão, Wallace, Léo Rigo e Juninho; Matheus Bertotto, Germano (Matheusinho), Anderson Leite e Higor Leite; Paulinho Moccelin (Léo Passos) e Luidy.
Técnico: Cláudio Tencati

Local: Nabi Abi Chedi (Bragança Paulista-SP)
Árbitro: Marielson Alves Silva (BA)
Assistentes: José Carlos Oliveira dos Santos (BA) e Luanderson Lima dos Santos (BA)
Gols: Claudinho, 11, e Morato, 19 do 1º; Matheus Peixoto, 30, Léo Passos, 37, Robinho, 46 do 2º
Cartões amarelos: Ligger (BRA); Matheus Albino, Alemão, Wallace, Anderson Leite (LEC)
Cartão vermelho: Léo Rigo (LEC)