Um dia depois de John Terry ter declarado que ficou surpreso com a demissão de Luiz Felipe Scolari do Chelsea, o meia alemão Michael Ballack também defendeu o trabalho do treinador brasileiro. Para ele, os jogadores também são responsáveis pela campanha irregular da equipe.

“Nós queríamos ter sucesso. Isso nem sempre acontece e certamente não é só responsabilidade do técnico, mas também dos jogadores”, disse, em entrevista ao jornal alemão Berliner Zeitung.

Ballack está em Dusseldorf, onde a Alemanha enfrentará a Noruega, nesta quarta-feira. “Scolari já demonstrou no passado que é um treinador de sucesso”, afirmou o meio-campista, lembrando dos bons trabalhos de Felipão nas seleções brasileira e portuguesa.

“Eu fiquei surpreso. Estou aqui com a seleção nacional e ver isso acontecer não é agradável”, lamentou. “Eu não estou lá, mas isso está na minha mente e quando eu retornar na quinta-feira haverá uma nova situação por lá”, finalizou.