Sem muita empolgação e interesse, a Portuguesa tomou um gol no final e foi derrotada na estreia da Copa Sul-Americana. Nesta quinta-feira, o time paulistano foi derrotado pelo Bahia por 2 a 1, no estádio do Canindé, em São Paulo, no jogo de ida da segunda fase do torneio continental. Os times voltam a campo na próxima quarta, às 21h50, na Arena Fonte Nova, em Salvador. Os donos da casa jogam por uma derrota por 1 a 0 e qualquer empate, enquanto que a equipe paulista precisa vencer por dois ou mais gols de diferença.

Mais preocupada em escapar da zona de rebaixamento no Campeonato Brasileiro no final de semana, a Portuguesa entrou em campo com uma equipe desfigurada e completamente reserva. O técnico Guto Ferreira aproveitou a partida para promover a estreia de dois recém-contratados: o lateral-esquerdo Magal e o meia Carlos Alberto.

A dupla, porém, assim como todo do time, sentiu bastante o entrosamento e não conseguiu criar nada no começo da partida.

O Bahia também teve dificuldades no início, pois errou muitos passes e facilitou para os donos da casa. Um dos únicos titulares da Portuguesa em campo, o meia argentino Cañete criou a melhor chance aos 34 minutos. Ele recebeu bom passe dentro da área e bateu prensado com Feijão. A bola bateu na trave de Marcelo Lomba. Mais compactos e adaptados ao jogo, os visitantes abriram o placar aos 40. Wallyson aproveitou passe de Feijão e bateu colocado, no ângulo de Gledson.

Na volta dos vestiários, a Portuguesa abandonou o esquema com apenas um atacante. Com Bergson em campo, a equipe paulista teve mais presença no campo de ataque e empatou aos 14 minutos. Cañete fez grande jogada individual e bateu colocado. Marcelo Lomba defendeu, mas a bola sobrou para Carlos Alberto, que deixou tudo igual.

Com o adversário mais adiantado, o Bahia tentou aproveitar os contra-ataques para chegar ao segundo gol. Wallyson teve duas oportunidades, mas errou o alvo. Quando o placar parecia definido, os visitantes aproveitaram para marcar. Aos 45 minutos, Obina aproveitou cobrança de falta de Wallyson e desviou de cabeça para o gol. O goleiro Gledson errou ao tentar cortar o cruzamento.