Criciúma – O Atlético de Ibirama sustentou a vantagem na disputa da final do Campeonato Catarinense ao empatar por 1 a 1 com o Criciúma, ontem, na casa do adversário. Agora, um novo empate é o suficiente para o Atlético conquistar o inédito título. Ao Criciúma somente a vitória interessa.

O primeiro tempo foi de uma partida dinâmica. Disposto a tirar a vantagem atleticana, o Criciúma sustentou uma postura altamente ofensiva, porém parou na marcação estratégica e na bem articulada defesa adversária.

A insistência também foi constante na etapa final, mas o sucesso de suas investidas só veio aos 30 minutos, quando o meia-atacante Athos recebeu a assistência do lateral Saulo, pela direita, e tocou na saída do goleiro Márcio. O gol incendiou o time e também a torcida. Mas numa jogada isolada, aos 43 minutos, o atacante Jairo, que entrara no segundo tempo, calou o Estádio Heriberto Hülse finalizando sem defesa para o goleiro Roberto.

Ficha técnica

Gols: Athos aos 30 e Jairo aos 43 minutos do segundo tempo.

Criciúma: Roberto; Saulo, Luciano, Leonardo e Ramón (Luciano Almeida); Eric, Juliano, Athos (Carlos Alberto) e Douglas; Rodrigo e Vagner Carioca (Eder). Técnico: Luis Carlos Barbieri.

Atlético Ibirama: Márcio; Alex, Flávio Luiz e Rildo; Viton, Fabrício (Sérgio), Aldo e Dênio, Ricardo, Paty (Marcelo França) e Rogério (Jairo). Técnico: Mauro Ovelha.