O presidente do Corinthians, Andrés Sanchez, não poupou críticas ao Athletico e ao presidente do Conselho Deliberativo, Mario Celso Petraglia, por conta da nota divulgada pelo clube sobre a saída do técnico Tiago Nunes, na qual parte do texto falava do time paulista. O dirigente do time paulista foi irônico para cutucar o mandatário rubro-negro e lembrou casos em que o Furacão foi atrás de atletas de outras equipes, negociando diretamente com os jogadores.

“O Athletico mandou uma nota inacreditável, os médicos que trataram o Petraglia são excelentes, tem que agradecer a eles. O Petraglia tem um bom senso total. É só perguntar à Ponte Preta, ao Santos, ver o que eles fizeram com Pituca, Bambu, Cittadini, o Abner”, disparou , após a vitória da sua equipe por 3×2 sobre o Fortaleza, na noite de quarta-feira (6)

As críticas sobraram também para o diretor de futebol Paulo André, por conta do caso Abner. Segundo o presidente do Corinthians, a equipe paulista já estava acertada com Abner, mas o Athletico teria atravessado o negócio pagando a multa rescisória, de R$ 10 milhões.

“Ele (Petraglia) não podia fazer isso. O Athletico não tem passado para fazer isso. O Corinthians tinha contratado o Abner (lateral-esquerdo, ex-Ponte Preta) e ele foi lá e pagou a multa. Aliás, jogador do empresário do Paulo André, né”, afirmou o mandatário do Timão.

Mais do que isso, Andrés Sanchez também declarou que recentemente o Furacão tentou tirar o técnico Felipe Conceição do América-MG, para contratá-lo para comandar o time de aspirantes, em meio à disputa da Série B, agindo da mesma maneira que eles criticaram o Corinthians de ter feito.

“É o que o Athletico fez há dez dias num América-MG x Ponte Preta, mandaram dirigentes ir lá contratar o Felipe, técnico do América-MG, isso todo mundo sabe. Isso aí eles não põem na nota”, ressaltou.

+ Confira a classificação completa do Brasileirão!

Sobre a situação de Tiago Nunes, o presidente garantiu mais uma vez que não teve conversa entre as duas partes e que só agora que ele se desligou do Rubro-Negro é que vão negociar. Mas mostrou confiança no acerto.

“Eu não procurei o Athletico porque não tinha conversa com o Tiago Nunes. Agora que começamos a negociar com os empresários dele. Mas obviamente que dificilmente alguém fala não para o Corinthians. Tem outros times como o Internacional que fizeram ofertas quase irrecusáveis”, finalizou o presidente do Corinthians.

+ Mais do Furacão:

+ Tiago Nunes vira assunto na Arena e é criticado pela maioria dos torcedores
+ Beccacece é procurado pelo Athletico para substituir Tiago Nunes