O técnico Tiago Nunes assinou contrato com o Corinthians na tarde desta quinta-feira (7). O novo treinador só vai assumir o time no final da temporada, tendo vínculo até dezembro de 2020. Enquanto isso, o auxiliar Dyego Coelho continuará sendo o técnico interino da equipe alvinegra. Em sua primeira partida, o ex-lateral conduziu o time à vitória sobre o Fortaleza por 3×2, na Arena Corinthians, pelo Campeonato Brasileiro, na noite de quarta-feira (7).

A intenção da diretoria do time paulista era ter Tiago Nunes no comando já nas últimas rodadas do Brasileirão. O treinador, no entanto, pretende tirar um período descanso com a família até o ano que vem. Ele chegará com os auxiliares Evandro Fornari e o ex-meia Kelly, o analista de desempenho Pedro Sotero, e o preparador físico Túlio Flores.

O anúncio não passou despercebido pelo Athletico, que usou o perfil do mascote Fura-Cão no twitter para cutucar o time paulista, que fez um leve mistério pra confirmar o comandante. Na noite de quarta-feira (6), o presidente Andrés Sanchez, do Corinthians, criticou a postura do clube atleticano.

Tiago vai substituir Fábio Carille, demitido após a derrota para o Flamengo por 4×1, no domingo (3). O técnico informou ao Athletico sobre a saída na última terça-feira (5). No mesmo dia, o diretor de futebol do Corinthians, Duílio Monteiro Alves, desconversou sobre a contratação. Por outro lado, admitiu que um novo treinador deveria chegar apenas para a próxima temporada.

+ Confira a classificação completa do Brasileirão!

Tiago Nunes é uma das revelações da função e se tornou um dos mais valorizados da nova geração. Ele levou o Athletico ao título da Copa do Brasil, superando o Internacional e garantindo o time na próxima Libertadores. Aos 39 anos, ele deixa o Furacão com as conquistas do Paranaense de 2018 com os aspirantes, da Copa Sul-Americana de 2018 e da Levain Cup e da Copa do Brasil de 2019.

+ Mais do Furacão:

+ Tiago Nunes vira assunto na Arena e é criticado pela maioria dos torcedores
+ Beccacece é procurado pelo Athletico para substituir Tiago Nunes