O Athletico venceu, nesta quarta-feira (12), sua segunda partida no Brasileirão. Na Arena da Baixada, enfrentando um Goiás com 12 desfalques por causa de testes positivos para Covid-19, o Furacão contou com grande atuação de Vitinho para fazer 2×1 sobre o Esmeraldino.

O atacante fez o primeiro, aos 32 minutos do primeiro tempo, e também deu a assistência para Carlos Eduardo definir o placar aos 30 da etapa final. Daniel Bessa fez o gol da equipe goiana, em pênalti apontado pelo VAR, aos 55 da primeira etapa.

O jogo ficou paralisado no primeiro tempo para atendimento de Fernando Canesin, que sofreu uma concussão ao disputar uma bola de cabeça. O atleta foi transportado para um hospital para exames, mas passa bem.

Confira como foi o jogo no Tempo Real da Tribuna!

Com o resultado, o Rubro-Negro segue 100% e líder do Brasileirão, com seis pontos. Na próxima rodada, o time encara o Santos, domingo (16), às 19h45, na Vila Belmiro.

O jogo

O primeiro tempo foi (quase) todo do Athletico. Mas a primeira jogada importante do jogo não foi uma chance de gol.

Após um choque com Daniel Bessa, o meia Fernando Canesin caiu no gramado e preocupou a todos. O jogador foi atendido e a ambulância chegou a entrar no gramado.

O árbitro checou o lance no VAR e deu cartão amarelo para Bessa. Léo Cittadini, então poupado, foi a campo.

Aos 32 minutos, o Furacão transformou seu domínio em vantagem. O atacante Vitinho fez jogada individual pela esquerda e bateu no ângulo de Marcelo Rangel.

O camisa 28 quase ampliou aos 47. Ele mandou na trave após de cruzamento de Jonathan. Depois disso, veio o inesperado empate.

Lance que gerou o pênalti contra o Athletico. Foto: Albari Rosa/Foto Digital/Tribuna do Paraná

Aos 56, o VAR acusou mão na bola de Thiago Heleno. O juiz reviu o lance e apontou a penalidade. Daniel Bessa cobrou bem e igualou o duelo na Arena.

No segundo tempo, o Athletico mostrou dificuldades para agredir o Esmeraldino. Apesar de continuar com mais posse de bola, tinha problemas para passar pela defesa goiana.

+ Confira a classificação completa do Brasileirão!

Mas novamente em uma jogada individual de Vitinho o Furacão conseguiu garantir a segunda vitória na Série A. O atacante recebeu lançamento de Nikão e fez o passe para Carlos Eduardo definir o marcador e a vitória.

Carlos Eduardo comemora o gol da vitória. Foto: Albari Rosa/Foto Digital/Tribuna do Paraná

Ficha técnica

BRASILEIRÃO
2ª Rodada

ATHLETICO 2×1 GOIÁS

Athletico
Santos; Jonathan, Lucas Halter, Thiago Heleno e Abner, Wellington, Fernando Canesin (Léo Cittadini) e Marquinhos Gabriel (Richard); Nikão, Vitinho (Geuvânio) e Vinícius Mingotti (Carlos Eduardo). Técnico: Dorival Junior

Goiás
Marcelo Rangel; Yago Rocha (Pintado), Fábio Sanches, Rafael Vaz e Heron; Luiz Gustavo (Miguel Figueira), Breno, Thalles (Douglas Baggio) e Daniel Bessa (Ignacio Jara); Victor Andrade e Vinícius Lopes (Zeca). Técnico: Ney Franco

Local: Arena da Baixada
Árbitro:
Diego Pombo Lopez (BA)
Assistentes:
Alessandro Alvaro Rocha de Matos (BA) e Jucimar dos Santos Dias (BA)
Gols: Vitinho, 32, e Daniel Bessa, 57 do 1º; Carlos Eduardo, 30 do 2º
Cartões amarelos: Lucas Halter, Jonathan e Thiago Heleno (CAP) ; Daniel Bessa, Victor Andrade e Rafael Vaz (GOI).

+ Mais do Furacão:

+ Athletico ganha decisão na Justiça e transmite jogo com o Goiás
+ Globo ganha liminar na Justiça e impede Turner de transmitir jogos


A Tribuna precisa do seu apoio! 🤝

Neste cenário de pandemia por covid-19, nós intensificamos ainda mais a produção de conteúdo para garantir que você receba informações úteis e reportagens positivas, que tragam um pouco de luz em meio à crise.

Porém, o momento também trouxe queda de receitas para o nosso jornal, por isso contamos com sua ajuda para continuarmos este trabalho e construirmos juntos uma sociedade melhor. Bora ajudar?