Apontado como a maior contratação do Athletico na temporada, o lateral-esquerdo Adriano está ponto pra voltar à ativa. Fora de combate há quase um mês, ele está recuperado da lesão que sofreu no empate em 1×1 contra o Santos, em partida válida pela 18ª da Série A. O jogador  está confirmado para a viagem a Salvador, onde o Athletico enfrenta o Bahia neste sábado, às 19h, na Arena Fonte Nova.

O retorno do atleta entre os relacionados, no entanto, não é garantia de titularidade. Afinal, apesar de contestado por boa parte da torcida quando assumiu a responsabilidade de substituir o garoto prodígio Renan Lodi, cresceu de produção na reta final da Copa do Brasil. Correm por fora os jovens Abner Vinícius, revelação da Ponte, e Abner Felipe, ex-Coritiba.

+ Confira a classificação do Brasileirão

Mesmo sem grandes pretensões no Brasileirão, já que a chance de vencer a competição, matematicamente, é mínima, o técnico Tiago Nunes afirmou, depois do jogo com o Vasco, que não deve mexer no time-base do Furacão, a não ser que algum atleta apresente desgaste físico.

“Tento não antecipar as coisas que podem vir a acontecer. Às vezes acontece um fato que te ajuda a escolher. Aprendi a definir o time no último segundo possível”, declarou o treinador na última entrevista que concedeu, na Arena da Baixada.

Desta feita, o time titular que enfrenta o Bahia só deve ser definido momentos antes do jogo em Salvador. Apesar da volta de Adriano, seguem no departamento médico o lateral-direito Jonathan, que se recupera de um problema no joelho, os zagueiro Pedro Henrique, com uma lesão muscular, e Robson Bambu, que foi submetido a uma cirurgia corretiva na face, e o meia Bruno Nazário, operado em agosto.

Leia mais:

+ Sem almejar nada no Brasileirão, Furacão busca fechar 2019 com ainda mais dinheiro
+ Em represália, Bahia não cede ingressos pra torcida do Athletico
+ Robson Bambu passa por cirurgia após lesão no olho