O atacante Renato Kayzer é o novo reforço do Athletico. O jogador, destaque do Atlético-GO em 2020, teve 90% dos seus direitos comprados pelo Furacão, com quem assinará contrato até 2023 na próxima semana.

O atleta de 24 anos pertencia ao Cruzeiro e estava emprestado ao Dragão. A despedida do time goiano, inclusive, deve acontecer neste sábado (19), ás 21h, contra o Atlético-MG.

A negociação já vinha se arrastando há alguns dias. O Rubro-Negro já tinha feito uma proposta para a Raposa, que aceitou a oferta. Só que o Atlético-GO tinha a preferência na compra do atacante e também fez uma oferta, mas abaixo do que o Athletico propôs.

Até por isso, o time mineiro recorreu à Câmara Nacional de Resolução de Disputas (CNRD) para que os goianos liberassem o atleta do empréstimo, o que também não queriam fazer (leia nota abaixo).

Na sexta-feira (18), o empresário de Kayzer, Luiz Taveira, veio a Curitiba para conversar com o presidente atleticano, Mario Celso Petraglia, e neste sábado o acordo foi fechado.

+ Confira a classificação completa do Brasileirão!

Revelado nas categorias de base do Vasco, o atacante já passou por Villa Nova-MG, Ferroviária-SP, Tupi-MG e o próprio Atlético-GO, até ser contratado pelo Cruzeiro. Porém, nos últimos anos foi emprestado para Ponte Preta e Chapecoense, até voltar ao Dragão, onde vive a melhor fase na carreira.

Em 2020, disputou 15 jogos e já marcou dez gols. Os números sõ não são melhores porque às vésperas do início do Brasileirão ele sofreu uma lesão muscular, estreando no torneio apenas na sétima rodada. Em quatro partidas no torneio, ele balançou as redes três vezes. Jogador de área, ele se movimenta bem e tem como um dos pontos fortes o cabeceio.

Confira a nota do Cruzeiro:

O Cruzeiro Esporte Clube informa que chegou a um acordo com o Club Athletico Paranaense e acertou a venda do atleta Renato Kayzer.

Kayzer estava emprestado ao Atlético-GO, que não quis proceder à liberação imediata do jogador, prevista em contrato neste tipo de situação, mesmo após ter sido previamente notificado por três vezes para exercer seu direito de preferência, igualando a proposta feita pelo Athletico-PR.

Desta forma, restou ao Cruzeiro buscar seus direitos junto à Câmara Nacional de Resolução de Disputas (CNRD), que, após brilhante trabalho do Jurídico do Clube, mais uma vez com apoio do Dr. Marcelo Jucá, concedeu decisão favorável à liberação liminar do atleta, o que ainda será objeto de pedido de modulação, uma vez que o prazo estipulado para a concretização do negócio acabou sendo ligeiramente ultrapassado, em razão de problemas operacionais alheios ao Cruzeiro.

O Clube reitera seu dever de honrar todos os seus compromissos e acredita que os contratos devam ser cumpridos com boa-fé, lealdade e honestidade, lamentando que o Atlético-GO ainda esteja tentando dificultar a negociação, desrespeitando as cláusulas do pacto por ele próprio celebrado.

As informações complementares a respeito da negociação entre Cruzeiro e Athletico-PR serão divulgadas posteriormente.”

+ Mais do Furacão:

+ Por convocação pra seleção, Santos desfalcará o Athletico em três jogos
+ Do time campeão, Athletico perdeu seis jogadores e o técnico, mas ganhou dinheiro
+ Athletico é denunciado por não cumprir protocolo contra Covid-19
+ Prefeitura do Rio autoriza presença de público em Flamengo x Athletico


A Tribuna precisa do seu apoio! 🤝

Neste cenário de pandemia por covid-19, nós intensificamos ainda mais a produção de conteúdo para garantir que você receba informações úteis e reportagens positivas, que tragam um pouco de luz em meio à crise.

Porém, o momento também trouxe queda de receitas para o nosso jornal, por isso contamos com sua ajuda para continuarmos este trabalho e construirmos juntos uma sociedade melhor. Bora ajudar?