Em janeiro, o Botafogo divulgou uma nota oficial em seu site acusando o Athletico de aliciamento do jovem atleta Bernardo Valim, na época com 13 anos. Dois meses depois, segundo informa o Globoesporte.com, o jogador deixou o Furacão e acertou o seu retorno ao clube carioca.

A polêmica entre os dois clubes começou no dia 7 de janeiro. Na ocasião, o Botafogo afirmou que Bernardo foi convidado pelo Athletico para conhecer a estrutura do CT do Caju – fato que ocorreu em dezembro do ano passado.

+ Podcast De Letra e as mentiras do futebol paranaense

O clube carioca alegou que a atitude do Furacão contrariava o código de ética do Movimento dos Clubes Formadores do Futebol Brasileiro. O Botafogo iria assinar contrato com o jovem assim que ele completasse 14 anos, idade mínima permitida para a assinatura de vínculo de formação.

Já o Athletico, na época, negou ter praticado o aliciamento e ressaltou que a família do atleta havia manifestado interesse de conhecer as estruturas do clube.

+ Mais do Furacão:

+ Ex-jogador do Athletico é a grande aposta de Tite na seleção
+ Volta da Libertadores deve ser adiada ainda por tempo indefinido
+ Athletico e Coritiba gastam, juntos, 6% do salário de jogadores da Série A