A manhã ensolarada em Teresópolis animou os torcedores a acordarem cedo para acompanhar a reapresentação da seleção brasileira na Granja Comary. Os atletas se reuniram no Rio e devem chegar à cidade serrana no início da tarde, mas desde as 9 horas os fãs se aglomeram na porta do condomínio onde estão as instalações da CBF, na esperança de ter contato ou ao menos ver os ídolos durante a passagem do ônibus com a delegação. O time nacional fará um treino marcado para começar às 15h30 deste domingo.

Por volta das 11 horas, cerca de 250 pessoas tomavam as calçadas e a rua de acesso ao condomínio, bem como a calçada da pequena ponte, de cerca de 25 metros, sobre o rio que passa na entrada do local. Com isso, a passagem dos carros, de moradores e credenciados, era bem lenta. Mas também havia gente desistindo de esperar debaixo do sol e preferindo tomar o rumo de uma feirinha que movimenta a principal praça do bairro do Alto aos fins de semana.

Entre os que optarem por se manter firme até a chegada do ônibus havia famílias, com muitas crianças, e casais de namorados. A cor amarela predominava, com muita gente vestindo camisas da seleção brasileira, mas também havia torcedores com camisa dos quatro principais times de futebol do Rio, do América-RJ, do Grêmio, São Paulo, Corinthians e até um torcedor com uma camisa do América Mineiro. Numa das ruas de acesso à Granja, uma bandeira do América carioca podia ser vista num dos apartamentos do terceiro andar de um prédio.

Teresópolis, aliás, já entrou no clima da Copa. Casas e pontos comerciais estão enfeitados com adereços em referência ao Mundial e principalmente à seleção brasileira. São bandeiras, fitas, bolas e até balões com o predomínio das cores verde e amarela. Da saída da BR-116 até a Granja há cartazes em todos os postes saudando a seleção. Foram colocados pela concessionária que administra a estrada. Nos carros, já se pode ver bandeiras do Brasil em maior quantidade.