O Rally Dakar tem um novo líder: Nasser Al-Attiyah. O piloto do Catar venceu nesta segunda-feira a oitava etapa da prova, entre as cidades de Antofagasta e Copiapó, ambas no Chile, e passou a ocupar a primeira colocação na classificação geral dos carros, desbancando o espanhol Carlos Sainz, que estava na ponta desde a largada em Buenos Aires.

Atual campeão do rali, Sainz terminou a oitava etapa em segundo lugar, ao completar o percurso de 508 quilômetros de trecho cronometrado com o tempo de 5h23min06. Mas isso não foi suficiente para evitar a perda da liderança para Al-Attiyah, que venceu nesta segunda-feira com a marca de 5h16min30 e passou a ocupar a ponta.

O melhor piloto brasileiro na disputa entre os carros ainda é Guilherme Spinelli, que compete ao lado do navegador Youssef Haddad. Nesta segunda-feira, ele conseguiu terminar a oitava etapa apenas na 13ª colocação, com o tempo de 8h12min50, o que o fez cair da sétima para a nona posição na classificação geral da categoria.

Entre as motos, nada de mudanças significativas. A liderança segue com o espanhol Marc Coma, que venceu a oitava etapa com o tempo de 6h05min02. O melhor piloto brasileiro na categoria é Jean Azevedo, que foi o oitavo colocado nesta segunda-feira, com 6h43min43, o que o deixou na nona posição na classificação geral da prova.

Nesta terça-feira, a nona etapa do Rally Dakar terá um percurso curioso. Serão 235 quilômetros de trecho cronometrado, com largada e chegada na mesma cidade de Copiapó.