O zagueiro Alex Silva acertou sua rescisão contratual com o Flamengo e está livre para negociar com outro clube. O anúncio oficial deve ser feito até esta terça-feira, depois da assinatura dos papéis. O jogador tinha contrato até julho de 2014 e abriu mão de metade dos salários que lhe seriam pagos até lá, R$ 3,3 milhões. Ele vai receber R$ 1,6 milhão em 10 meses.

“Confesso que foi um alívio. Foram seis meses de sofrimento, uma coisa nova na minha carreira, nunca tinha acontecido”, comentou Silva. “Esse acordo de rescisão foi uma coisa boa não só para mim, mas para o Flamengo também.

A saída definitiva do defensor da Gávea se desenhava desde janeiro de 2012, quando ele se recusou a embarcar num voo para a Bolívia, antes de uma partida decisiva pela Copa Libertadores, por causa dos atrasos salariais. Foi emprestado ao Cruzeiro, se lesionou gravemente e no retorno ao Flamengo, em janeiro, não entrou em forma física e técnica. Estava afastado desde abril.

“Várias vezes cheguei em casa triste, foram seis meses sem acompanhar futebol, sem ler jornal, apesar de entender as críticas. Mas a torcida não teve paciência comigo”, lamentou Alex Silva. “Errei quando decidi não viajar para a Bolívia”, admitiu.