O tradicional especial de fim de ano do Roberto Carlos foi cancelado em 1999. Naquele ano, estava tudo certo para que o Rei exibisse seu especial, mas o falecimento da mulher dele, Maria Rita, vítima de câncer, em 19 de dezembro daquele mesmo ano, aos 40 anos, fez com que ele e a emissora optassem pelo cancelamento do programa. 

+Leia também: Sábado tem Festeja, com Marília Mendonça e muitos outros destaques!

A decisão foi tomada em cima da hora, pois muitos apostavam que o especial não deixaria de acontecer. Mas o estado de saúde de Maria Rita foi se agravando e Roberto Carlos deixou a sua agenda de lado para acompanhar a esposa no tratamento. No ano seguinte, a atração voltou e foi repleta de homenagens ao grande amor do Rei.  

Acostumada a ter o especial do RC para alavancar a audiência do fim de ano, sem ele, a Globo chamou os sertanejos Zezé Di Camargo & Luciano, Chitãozinho & Xororó e mais Leonardo, que também perdera irmão e parceiro, Leandro, vítima de câncer em 1998, para um grande especial dos “Amigos”, além de Xuxa que também ganhou destaque na programação de fim de ano sem a noite do Rei. 

+Leia também: Curitiba tem passeio de trem por 20ão neste fim de semana; veja detalhes!

Didi, sem Dedé, Mussum e Zacarias, também foram outra atração da noite de Natal. A Globo tentou, mas todo mundo esperava mesmo o especial do Roberto Carlos, que não veio. Mesmo quem não gostava dele sentiu falta de Emoções para marcar o fim de um período. 

A dúvida era se ele voltaria no ano seguinte. Voltou e lançou muitos sucessos de lá para cá, como Esse Cara Sou Eu, tema da novela Salve Jorge (2012), de autoria de Glória Perez.  A trama não fez tanto sucesso, mas a música ganhou as rádios e a preferência popular.