Todo mundo acha que você é magra e fala que você está bem, mas você não se sente assim? Você tem pouco peso na balança, porém há lugares específicos no seu corpo que te incomodam? Normalmente as pessoas têm acúmulo de gordura na barriga, que não sai nem com reza braba, mas também podem ter gordura nos braços ou nos culotes e glúteos.

Este biotipo caracteriza-se muitas vezes por ser magro e pequeno, porém é um corpo com muita flacidez e sem tônus muscular. Muitas vezes é chamado de músculos de gelatina.

A “falsa magra” também é aquele tipo de pessoa que foi magra a vida toda, mas com o passar dos anos, principalmente após os 40 anos de idade, começa a acumular uma gordura localizada indesejável decorrente da idade, que vem junto com a perda de massa muscular. Isso ocorre pelo fato de o metabolismo ter se tornado mais lento, além da menor produção de hormônios que ajudam a manter a massa muscular.

+ Veja mais: Como acabar com a celulite depois dos 40 anos?

Três características de uma falsa magra

  1. Pouco peso
  2. Baixa quantidade de massa muscular
  3. Alto percentual de gordura.

Dessa maneira é possível entender porque a maioria das pessoas que se consideram falsas magras tem dificuldade de ter resultados. Isso ocorre normalmente porque elas sempre tentam fazer trabalhos separados: um para emagrecer e outro para ganhar massa muscular.

Quando a falsa magra tenta emagrecer, ela perde a forma do seu corpo. Junto com a gordura, acaba perdendo coxa, bumbum e acabando com a sua massa muscular, que a essa altura já é pouca. Isso ocorre porque se usam métodos jurássicos de emagrecimento, que te fazem não apenas perder gordura, mas também massa muscular. E quando tentam ganhar massa muscular, acabam ganhando gordura junto. Isso aumenta o bumbum, mas a barriga e o culote crescem juntos. Não há um equilíbrio perfeito entre as duas estratégias.

+ Leia também: Como emagrecer rápido sendo preguiçoso?

Para perder gordura e ganhar massa muscular só existe uma maneira

Para a falsa magra ter bons resultados estéticos só existe uma maneira. Vai precisar de treinos e alimentação que te façam ganhar massa muscular e perder gordura ao mesmo tempo.  O melhor treino para perder gordura e ganhar massa muscular ao mesmo tempo é a combinação dos exercícios de HIIT, com junto com treinos de força.

Os exercícios de HIIT, sendo treinos aeróbios em alta intensidade, são capazes de acelerar o metabolismo e te fazer emagrecer sem perder massa muscular. Enquanto isso, o treino de força, que tradicionalmente é feito na musculação, é capaz de te fazer ganhar músculos, acelerar o metabolismo e diminuir a pele flácida do seu corpo.

Para saber mais sobre esses treinos, siga o meu Instagram (@ZANONMACEDO) que eu trago conteúdos sobre emagrecimento, definição muscular e ganho de massa para quem tem 40 anos ou mais.

+ Viu essa? Os melhores exercícios para deixar o bumbum bonito e empinado depois dos 40

Se sua alimentação tiver uma ingestão calórica muito alta, você ganha massa muscular, mas ganha gordura junto. Se a ingestão for muito restritiva, você perde gordura, mas não conseguirá energia para aumentar os músculos. Dessa maneira, é necessário um trabalho perfeito e equilibrado para ter energia suficiente para te fazer construir músculos e ao mesmo tempo, queimar gordura junto. O profissional adequado para fazer isso com perfeição, e de maneira individualizada, é o nutricionista.

Concluindo, para deixar de se sentir uma falsa magra não existe método milagroso e nem “chá seca barriga”. Será necessário colocar a mão na massa. Você precisará de treino e alimentação individualizada para chegar ao corpo que você deseja.

Para me ajudar com o tema da próxima semana, me envie uma mensagem no privado e me conte a sua história. Abração e até a próxima semana.