Falar que o sertanejo é um dos estilos musicais favoritos do Brasil é chover no molhado. Cada vez mais o segmento atrai mais artistas, tanto que duplas e cantores surgem a todo momento.  Mas, mais do que isso, as músicas estão entre as mais tocadas no país inteiro.

Se pegarmos o Top-200 do Spotify, principal serviço de streaming musical, no Brasil, das dez primeiras, seis são sertanejas, inclusive a primeira colocada, que é Todo mundo vai sofrer, de Marília Mendonça. A cantora, aliás, também é quem fecha o top-10, com Bebi liguei.

Também fazem parte da lista João Gustavo & Murilo, com Lençol dobrado (em terceiro), Matheus & Kauan, com Vou ter que superar (em quarto), Jorge & Mateus, com Tijolão (em sexto), e Lauana Prado, com participação de Maiara & Maraisa, com Cobaia (em sétimo).

Mais pra baixo, ainda tem Gusttavo Lima, em 12º com Cem mil, Gustavo Mioto, em 13º com Solteiro não trai, Zé Neto & Cristiano, em 14º com Estado decadente, Marília Mendonça, em 15º com Bebaça, Maiara & Maraísa, em 17º com Não abro mão, e Diego & Victor Hugo com Zé Neto & Cristiano, em 18º, com A culpa é do meu grau. Isso só para ficar entre os 20 primeiros.

Nestes mesmos 20 primeiros, o segundo estilo que mais aparece é o funk, com cinco. Ou seja, diante de tanta diversidade, o sertanejo segue dominando e a tendência é continuar nessa pegada, principalmente pela procura.

De todas estas canções citadas aqui, três delas – Todo mundo vai sofrer (9º), Tijolão (13º) e Lençol dobrado (20º) também estão no top-50 viral, que são aquelas que estão se tornando mais populares mais rapidamente. O que mostra o interesse, mesmo diante de tantas opções.

Shows

Sexta-feira a dupla Edson & Hudson retorna a Curitiba e sobe no palco do Victoria Villa. No sábado, é a vez de Paula Fernandes, que se apresenta no Teatro Positivo.