Depois de perder a Recopa para o River, e de ser eliminado da Libertadores da América pelo Boca, qual a importância para o Athletico de ganhar no Japão, do Shanon Bellmare, para conquistar a Copa J. League YBC?

Lembrei-me do saudoso Evangelino da Costa Neves, o maior homem da história do Coritiba. A taça de um título conquistado pelo Coxa nem tinha sido acomodada na sala de troféus, perguntei a Evangelino, qual era significado da conquista, será todo o ano. Respondeu-me: “Imensa, porque um clube precisa disputar e se puder ganhar tudo”.

Ouvindo o “Chinês”, aprendi que um título é um título, sejam quais forem as circunstâncias de sua conquista. E, era uma época, que ser campeão tinha só o significado histórico.

As coisas mudaram, é verdade. Hoje, mais do que elemento histórico, um título rende dinheiro, esse no Japão, U$S 3 milhões. Mas, qual seria a importância desse título para o Furacão? Afasto-me do aspecto sentimental, embora entenda que a importância de uma conquista é medida pela reação do coração.

A importância prática está em um fato: o Athletico está em uma fase da vida que precisa competir, como faz, mas, também, ganhar títulos. Não importam o tamanho e a repercussão. Não importa o lugar, pode ser no Japão, pode ser na Baixada, que seja no Capão da Imbuia, ou em qualquer lugar, precisa é de títulos. Bem por isso, essa Copa no Japão é tão importante para o Athletico, que ganhar já é uma obrigação.

Esclarecimento

Muitos leitores, em especial, torcedores do Athletico, provocam-me: há possibilidade de o Furacão ser punido por ter confessado a sua culpa exclusiva pelo doping de Thiago Heleno e Camacho?

Na verdade, esse caso é inédito. Eu não me lembro de um caso de doping, em que o clube tenha assumido a culpa exclusiva. Eu não tenho conhecimento do parecer da Procuradoria do Tribunal da Conmebol. Mas, nada impede, que ao mesmo tempo que absolva os jogadores, a Conmebol mande investigar o Athletico. Pela lei, a confissão de culpa de um clube, por mais sincera que seja (e foi a do Furacão), não implica necessariamente na exclusão de sua responsabilidade.

De primeira: Amanhã, o blog será atualizado, logo após o jogo do Furacão no Japão.