Saudações amigos. Boa parte das pessoas que começam a fazer exercícios sofre com as câimbras que aparecem logo mas primeiras aulas ou sessões do treinamento. Por conta disso muitos se assustam, confundem com algo mais grave e por fim abandonam as atividades. Mas agora vamos explicar o porquê isso acontece:

A câimbra é uma contração vigorosa e involuntária dos músculos e é bastante dolorosa. As mais comuns são câimbras chamadas fisiológicas, que ocorrem em músculos normais, causadas pelo exercício físico. Porém, também existem as patológicas, que ocorrem em músculos ou nervos doentes.

Durante uma crise não existe muito a se fazer, a não ser massagem e o alongamento do músculo afetado. Medicações são pouco eficazes, o melhor é manter a tranquilidade e tentar pensar na causa que fez elas ocorrerem, para que seja mais fácil prevenir para não vir a ter novamente.

Quais são as causas das câimbras

alterações do nível de eletrólitos no organismo (elementos que contribuem para as contrações musculares e estímulos nervosos), como potássio, cálcio e magnésio, podem causar o processo. Redução do fluxo sanguíneo, como nos paciente portadores de obstrução em artérias periféricas, podem igualmente levar a musculatura ao processo de câimbras. Exercícios extenuantes, que exijam muito da musculatura, revertendo o processo de metabolismo aeróbio habitual, também podem causar câimbras. Compressões de nervos periféricos são também responsáveis por contrações musculares involuntárias.

A forma mais utilizada pelos profissionais para preveni-las é: durante os exercícios, é fundamental ficar atentos à ingestão de líquidos, uma vez que a desidratação se enquadra como uma das causas principais de câimbras durante a prática de exercícios. É fundamental manter hábitos alimentares saudáveis, tendo em vista o fato de que os eletrólitos fundamentais para o processo de contração muscular (cálcio, potássio e magnésio) são obtidos a partir do que comemos. Por isso você deve ter uma boa alimentação.

Ao praticar atividades físicas de duração prolongada ou de intensidade extrema, os nutricionistas recomendam a ingestão de líquidos ricos em eletrólitos, como água de coco ou bebidas esportivas (isotônicos), além de alimentos ricos em tais elementos, como a própria banana ou ameixa.

Tal medida é eficiente também para evitar as câimbras que invariavelmente surgem ao permanecermos por muito tempo na mesma posição. Nesse caso, recomenda-se, também, de tempo em tempo, movimentar-se um pouco e mudar de posição, a fim de facilitar a circulação sanguínea na musculatura acometida.

Agora, se as câimbras são muito frequentes, mesmo sem se exercitar, fique de olho e consulte um médico, pois as contrações musculares recorrentes acabam por lesar fibras musculares.