Cientistas da Universidade de Oxford, na Grã-Bretanha, devem iniciar no ano que vem testes em seres humanos de uma nova vacina contra a malária. Uma pesquisa divulgada na última terça-feira mostrou resultados promissores. A fórmula da vacina transportada pelo organismo em um vírus produziu uma resposta imunológica maior em ratos de laboratório. Ainda não foi criada qualquer vacina eficaz contra a doença, que mata milhões de pessoas anualmente em várias partes do mundo.