Evitar cafeína, fixar um horário e beber um copo de leite morno são dicas comuns para uma boa noite de sono. Mas a temperatura correta do quarto também pode ter um papel crucial.

Estudos descobriram que em geral, uma temperatura ideal para dormir é relativamente fria, por volta de 15 a 20°C. Para alguns, temperaturas que caem muito abaixo ou acima dessa faixa podem causar insônia.

Temperaturas nessa faixa facilitam a redução da temperatura central do corpo, iniciando a sonolência. Um número crescente de estudos tem descoberto que a regulação na temperatura desempenha um papel importante em muitos casos de insônia crônica. Pesquisadores mostraram, por exemplo, que insones antes de irem para cama tendem a ter um centro da temperatura do corpo mais aquecido do que uma pessoa que dorme normalmente. Isso leva ao aumento da excitação e força a pessoa a adormecer como se o corpo tentasse restaurar o termostato interno.

Para pessoas que dormem normalmente, a queda da temperatura central é marcada por um aumento na temperatura das mãos e dos pés, como os vasos sanguíneos dilatam, levam o corpo a irradiar calor. Estudos mostram que para quem tem problemas de sono, um quarto frio e uma bolsa de água quente nos pés podem dilatar os vasos sanguíneos, estimulando o termostato interno.