São Paulo (AE) – O crescimento do mercado brasileiro de computadores já começa a atrair recursos internacionais. A Intel Capital, braço de investimento da gigante americana de semicondutores, anunciou um empréstimo conversível em ações para a brasileira Digitron, fabricante de placas-mãe para computadores. "Estamos entusiasmados com a expansão rápida do mercado local", afirmou David Thomas, diretor da Intel Capital para a América Latina.

Não foi divulgado o montante do investimento ou as condições para a conversão da dívida. A empresa informou, porém, que ficou na faixa de US$ 2 milhões a US$ 10 milhões, o que normalmente é desembolsado por participações minoritárias, como foi o caso. O prazo dos investimentos da Intel Capital é de cinco a sete anos.

Fundada em 1986, a Digitron é a maior fornecedora de placas-mãe para PCs no País. A empresa tem fábrica em Manaus, com capacidade para produzir anualmente 1,8 milhão de unidades. No primeiro semestre de 2005, a empresa vendeu 535 mil placas, comparadas a 480 mil em todo o ano passado. Houve crescimento de 140% nas vendas em relação ao primeiro semestre de 2004, quando foram vendidas 222 mil.

"O investimento tem como objetivo principal a ampliação da Digitron", explicou Thomas. A empresa também deve trabalhar com o centro de pesquisas da Intel em São Paulo, em novos produtos.