As pessoas genuinamente gostam de dar uma bronca em alguém que violou alguma regra, segundo uma pesquisa realizada na Universidade de Zurique, na Suíça. Em um artigo para a revista especializada Science, os pesquisadores disseram que dar uma bronca em alguém ativa uma parte do cérebro que está ligada à diversão e à satisfação.

Na experiência, os cientistas testaram sete pares de homens enquanto eles participavam de um jogo que envolvia a passagem de dinheiro de um jogador para o outro. Se um deles não jogasse direito, o outro poderia dar uma bronca.

Segundo os pesquisadores, a sensação de prazer pode explicar por que muitas pessoas resolvem dar uma bronca quando alguém viola as regras ou trai sua confiança.

Jogo

Os homens que participaram da experiência não viam um ao outro. Cada um deles recebeu dez unidades de dinheiro. As instruções eram de que eles poderiam aumentar essa quantia se confiassem uns nos outros. O primeiro jogador teve a opção de ficar com todo o dinheiro dele ou dá-lo para seu par.

Se ele ficasse com o dinheiro, não ganharia nada. Se o desse para o seu par, o par ganharia quatro vezes mais. O segundo jogador então teria a opção de ficar com o dinheiro ou dividi-lo com seu par. Se ele não dividisse o dinheiro, o par dele teria a opção de puni-lo com uma bronca. Ele tinha um minuto para tomar uma decisão.

Cérebros monitorados

Em seis dos sete casos, os jogadores escolheram a bronca. Durante o tempo em que eles tomavam a decisão, os cientistas monitoraram os cérebros deles. Os cientistas concluíram que a decisão de dar uma bronca ativava uma região do cérebro conhecida por envolver os sentimentos de diversão e satisfação.

Segundo os pesquisadores, o resultado sugere que as pessoas genuinamente gostam de dar uma bronca em alguém que viole as regras. Mas o psiquiatra Mike Isaac, do Hospital Maudsley, em Londres, disse que o resultado não prova nada. “Psicologicamente até faz sentido”, disse. “Nós gostamos de dar bronca nos outros. Temos uma prazerosa sensação de superioridade.”