enkontra.com
Fechar busca

Segurança

CENTRO

Presos em apresentação musical ganham chance de responder em liberdade

O caso foi registrado na Rua Trajano Reis, no Centro da capital

  • Por Redação Com Gazeta Do Povo
Com diversos bares e restaurantes, região é bastante frequentada, principalmente à noite. Foto: Arquivo

Os quatro homens presos durante uma apresentação musical, na noite do último sábado (24), ganharam a chance de responder em liberdade após determinação do juiz Rubens dos Santos Júnior, durante audiência de custódia na tarde desta terça-feira (28). De acordo com o advogado Bruno Zavataro, que representa o músico preso, o fato de nenhum dos quatro ter antecedentes criminais e todos possuírem residência fixa possibilitou que os acusados respondam o inquérito em liberdade.

No entanto, até às 21h desta terça-feira (28), segundo a Polícia Civil, os quatro permaneciam detidos no 11.º Distrito Policial, na Cidade Industrial de Curitiba (CIC). Eles haviam sido transferidos para lá depois de ficarem detidos inicialmente na Central de Flagrantes, no Centro.

O caso foi registrado na Rua Trajano Reis. Zavataro destaca que durante a audiência não foi discutido o mérito da questão, mas sim as condições para a soltura dos quatro. O advogado ressaltou que ficou estabelecida fiança e que agora o processo caminha normalmente na Justiça.

A defesa do artista conta que vai analisar as imagens e reunir provas testemunhais e em vídeo para organizar a estratégia de defesa. Zavataro revela que a ideia é verificar a materialidade da perturbação e também discutir a arbitrariedade e a violência empregada na ação.

Na audiência, estavam presentes representantes da Ordem dos Músicos do Brasil, que em nota se diz ofendida moralmente com o incidente e a ação da polícia. Representante da entidade, Rodolfo Hey conta que a ordem está discutindo formas de auxiliar no pagamento da fiança do artista, fixada em R$ 1.400, e que também deve entrar com uma ação civil pública contra o Estado do Paraná, pedindo reparação de danos morais.

Versão da PM

Segundo a Polícia Militar, a operação realizada no último fim de semana foi resultado das reclamações de diversos moradores da região, que se queixam dos distúrbios causados pela atividade noturna da área.

A ação foi feita pela Patrulha do Sossego, um braço da Ação Integrada de Fiscalização Urbana (Aifu), que localizou a banda realizando uma apresentação na calçada. Ainda de acordo com a PM, foi usado um decibelímetro para verificar a intensidade sonora da música e comprovar a infração.

A PM disse ainda que, enquanto realizava a apreensão do equipamento, um dos integrantes da banda tentou resistir à apreensão e incitou quem estava no local, cerca de 90 pessoas, contra a patrulha, o que teria iniciado a confusão que se seguiu. A polícia informou que foi hostilizada de diversas maneiras e três agentes acabaram feridos levemente.

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

6 Comentários em "Presos em apresentação musical ganham chance de responder em liberdade"


Kariny
Kariny
12 dias 5 horas atrás

Baderneiros inocentes? Não é nada disso que aconteceu é claro que todos que estavam participando do evento vão se manifestar contra a ação da policia, Por que não peguntam a opinião dos moradores e de outros comerciantes desta rua? Que não sejam bares, pois estes se beneficiam das desgraças alheias

Stanislaw
Stanislaw
13 dias 9 horas atrás

Se estupradores, assassinos e assaltantes respondem em liberdade, me parece justa a decisão do magistrado….

Aloísio Coxa
Aloísio Coxa
13 dias 10 horas atrás

Patrulha do sossego? Curitiba está querendo voltar a ser uma vila suburbana? Greca o que buscamos em você era uma gestão inovadora, futurista e não esta perseguição descabida contra a boemia da cidade. Decepção.

Kariny
Kariny
12 dias 5 horas atrás

Pergunte o que os morados acham sobre esta badernas que os músicos e bares fazem aqui na Trajano senhor Aluísio.

Aderbal
Aderbal
13 dias 10 horas atrás

Fala isso porque não mora lá.

Bjork
Bjork
13 dias 18 horas atrás

ferro nessa gente. o sujeito acha que rua é latrina para defecar via oral?

wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas