Fechar busca

Segurança

Na RMC

Marido mata esposa com um tiro no rosto após pedido de separação

Familiares de Jeferson Santos da Cruz confirmaram que o rapaz foi o autor do assassinato Alessandra Godói, que era sua mulher

  • Por Daiane Andrade
Foto: Colaboração/Programa 190

Uma discussão de casal terminou em morte no início da manhã deste domingo (12) na Região Metropolitana de Curitiba (RMC). Jeferson Santos da Cruz, de 27 anos, é o principal suspeito do assassinato da própria esposa, identificada como Alessandra Godói, de 22 anos. O corpo da jovem foi encontrado em uma estrada rural de Campina Grande do Sul, próximo a um pesque-pague, em uma área de chácaras.

Segundo informações apuradas pela Tribuna do Paraná, o crime foi o desfecho de uma discussão que começou ainda na noite desse sábado (11), na residência do casal, no bairro Alto Maracanã, em Colombo. Insatisfeita com o comportamento do marido, que seria viciado em drogas, Alessandra teria pedido a separação. Irado com a atitude da mulher e armado com um revólver, Jeferson então iniciou uma série de ameaças e obrigou a esposa a entrar em um Fiat Uno vermelho. Ele circulou com a vítima ao longo de toda a madrugada.

Pedido de ajuda

Ao tomarem conhecimento do problema, familiares da moça pediram ajuda à polícia. As equipes patrulharam a região por horas, mas não conseguiram localizar o automóvel. No início da manhã, diante da falta de notícias, uma viatura localizou alguns parentes de Jeferson em uma casa no bairro Saltinho, próximo ao limite com Campina Grande do Sul. Lá, os agentes foram então informados do assassinato da mulher.

À queima-roupa

De acordo com o pai de Jeferson, que não teve o nome divulgado, o homicídio foi cometido ao lado de um campo de futebol da região. Ele contou que o filho levou Alessandra até o local e a matou com um tiro no rosto. O projétil atravessou a cabeça da jovem, que morreu na hora. O homem relatou ainda que tentou intervir, mas não foi capaz de evitar o assassinato.

Depois de matar Alessandra, Jeferson teria colocado o corpo da esposa dentro do carro e levado até a estrada do Rio Abaixo, em Campina Grande do Sul. Antes de abandonar a vítima no meio da via, o suspeito ainda teria passado várias vezes com o automóvel por cima do cadáver. A arma usada no assassinato também foi deixada no local.

O corpo de Alessandra foi localizado por pessoas que passaram pela estrada e avisaram às autoridades. A mulher deixa um filho pequeno, de aproximadamente três anos. De acordo com familiares de Jeferson, ele é usuário de crack e cocaína. A Polícia Civil agora investiga o caso.

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

16 Comentários em "Marido mata esposa com um tiro no rosto após pedido de separação"


Dawelyn
Dawelyn
16 dias 18 horas atrás

Ela era muito querida pelos sogros, não precisava fazer isso contra eles agora alem de tudo isso sofrendo pelo filho ter feito essa barbaridade ainda estão sem nada dos quais levaram a vida toda pra conseguir. OS PAIS NÂO TEM CULPA PELOS ATOS DOS FILHOS CADA UM SABE O QUE FAZ…

Dawelyn
Dawelyn
16 dias 18 horas atrás

E mesmo agente sabendo que os pais dele não tem culpa dos atos dele, foi alguem com a mente fechada sem pudor nenhum e ainda colocou fogo na casa dos velhinhos no mesmo dia como se eles fossem culpados pelo o ocorrido, estamos em luto sim mesmo sendo parentes dele a mãe dele tbm esta sofrendo.

carlos
carlos
16 dias 18 horas atrás

Um li_xo deste comigo não sobreviveria, mandava para o colo de satanás, fugia por 2 dias para escapar do flagrante, e me apresentaria com advogado. Como não tenho antecedentes criminais, tenho residência fixa e curso superior, com certeza iria responder o processo em liberdade! Infelizmente é assim

Rafael
Rafael
16 dias 21 horas atrás

Porquê existe droga no mundo? simplesmente porque tem consumidor, e que muitas as vezes pessoas de bem acabam pagando o preço por causa dessa imundice.

Fernando Rosa
Fernando Rosa
17 dias 3 horas atrás

Deve ser corno, isso sim.

Dawelyn
Dawelyn
16 dias 18 horas atrás

amigo ela simplismente queria descer do carro pra cuidar do bebe dela que estava com agente familiares dele mais ele estava muito transtornado, tentamos de tudo pra acalmar a situação mais não teve jeito ela não teve culpa de nada e mesmo que fosse isso não justificaria esse ato brutal

Oldboy
Oldboy
17 dias 9 horas atrás

Já que querem liberar a maconha, liberem o crack também… cocaína, heroína, êxtase…

Corisco
Corisco
17 dias 8 horas atrás

Pensamento retrogrado…você é um verdadeiro otá.rio…mas vindo de um cosha porco é normal….

wellington sou coringão
wellington sou coringão
17 dias 14 horas atrás

como tem crimes passional nesse brasil hein,com 200 milhões de pessoas não é possível que essas pessoas não tem condições de arrumar outros relacionamentos

fernando
fernando
16 dias 13 horas atrás

Com certeza Wellington, o que mais se tem é crime passional. Com toda mulher nesse mundão, não é possível que tem loucos e obcecados como esse lixo ai que não pode arrumar outra mulher? Coitada da mulher que se envolveu com esse covarde e dos sogros que pagaram o preço. Esse lixo merece morrer.

Marclawyer 1970
Marclawyer 1970
17 dias 14 horas atrás

Pela instituição da pena capital em casos como esse. Morte a esse lixo!

Exterminador
Exterminador
17 dias 15 horas atrás

Drogado tem que ir pro cerol. Eles são os culpados 100% da violência. Quando não são eles que fazem a caca, tipo este inútil bastardo, alimentam o tráfico. Drogado tem que ser responsabilizado e preso. Fazer trabalho forçado e só sair quando ficar curado de verdade. Nojo de drogados covardes.

Exterminador
Exterminador
17 dias 15 horas atrás

Essa moça não vai ter nenhum defensor da OAB visitando sua família, mas podem ter certeza que esses abutres já estão de plantão para defender o ASSASSINO COVARDE, quando ele for preso. Se encostar um dedo é processo. E as juízas de plantão soltam ele rapidinho, por não ter sido preso em flagrante.

wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas