Fechar busca

Segurança

RMC

Latrocínio cruel em Fazenda Rio Grande está desvendado

  • Por Raquel Derevecki

Latrocínio cruel em Fazenda Rio Grande

A vítima foi asfixiada e, em seguida, atingida na cabeça com o bloco de concreto. Foto: Átila Alberti

Em dez dias de investigação, a Polícia Civil encontrou o responsável pelo latrocínio cruel no município de Fazenda Rio Grande, Região Metropolitana de Curitiba, que vitimou Roger Cristopher da Silva Terto, 18 anos, no dia 6 de fevereiro. O suspeito foi localizado em uma feira cultural do município na noite de ontem (15) e conduzido à delegacia local, onde confessou o crime.

De acordo com o delegado Fábio Machado, responsável pelo caso, o homem se chama Braian Santana Cordeiro, tem 23 anos e já possui duas passagens pela polícia pelo crime de furto qualificado. “Aqui na delegacia, ele nos informou que estava na cidade há apenas duas semanas. Além disso, afirmou ter matado Roger com golpes na cabeça usando um bloco de concreto para subtrair seus pertences e comprar drogas”, disse.

Latrocínio cruel em Fazenda Rio Grande

Braian Santana Cordeiro confessou o crime. Foto: Átila Alberti

No entanto, de acordo com investigações, a causa da morte se deu por asfixia mecânica. “Os laudos comprovam que a vítima foi asfixiada e, em seguida, atingida na cabeça com o bloco de concreto. Descobrimos também que depois do ato criminoso, o suspeito levou os pertences da vítima como carteira, celular e tênis”, conta o delegado.

Na data do crime, a polícia solicitou o auxílio da população para elucidar o caso e também iniciou as análises das imagens registradas pelas câmeras de segurança do local, que gravaram toda a ação. Com isso, foi possível solicitar a prisão de Braian, que permanece à disposição da Justiça e pode ser condenado a até 30 anos de reclusão.

O crime

Segundo o delegado, a morte em Fazenda Rio Grande aconteceu por volta das 6h da manhã na Rua Groelândia, em frente ao número 1.069, bairro Nações. No local, a vítima foi encontrada com diversas lesões na região do crânio causadas por golpes realizados com uma pedra e um bloco de concreto.

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

6 Comentários em "Latrocínio cruel em Fazenda Rio Grande está desvendado"


Elcio
Elcio
4 meses 8 dias atrás

BOLSONARO PRA PRESIDENTE 2018….

Antonio Benedito
Antonio Benedito
4 meses 11 dias atrás

Sou negro e bacharel em direito, esse suspeito é doente já que é depedente quimico e merece uma atenção melhor da sociedade. Estou terminando o Habbeas Corpus , pois ele precisa de uma clinica e não uma prisão.

brasileiro
brasileiro
4 meses 4 dias atrás

Caro Antonio Benedito: fala sério ! O que tem a ver o fato de você ser negro e bacharel em direito com esse hediondo crime? Tá querendo o quê com esse texto? Justificar o injustificável? Gerar comiseração no leitor pelo fato do autor ser também negro? Já ouviu falar em Manicômio Judiciário?????

Letícia
Letícia
4 meses 11 dias atrás

Você diz isso pq não foi uma pessoa da sua família morta dessa forma tão cruel. Fácil matar e se dizer “doente”.

João
João
4 meses 12 dias atrás

Por que não mandaram ele correr ? Era só meter uma bala nas costas e dizer que o elemento tinha fugido…

Maycon
Maycon
4 meses 12 dias atrás

Mais um pra comer de graça nas custa do povo cadê pena de morte e ainda mandar as despesas pra família dele

wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas