enkontra.com
Fechar busca

Curitiba e Região

Caso polêmico

Justiça deve definir se namorado de Renata Muggiati irá a júri popular

  • Por Leilane Benetta
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Testemunhas e peritos envolvidos no inquérito que investigou a morte da fisiculturista Renata Muggiati estão sendo ouvidos na tarde desta sexta-feira (19) em audiência no Juizado da Violência Doméstica, em Curitiba. A intenção é que o ex-namorado dela, o médico Raphael Suss, apresente sua defesa à justiça, que decide se ele irá ou não à júri popular.

A audiência teve início por volta das 14h. De acordo com o advogado da família de Renata, Cláudio Dalledone, “as testemunhas serão ouvidas em juízo para que se tenha o contraditório”. “Primeiro são ouvidas as testemunhas indicadas pela acusação, depois as de defesa e, ao final, o acusado é interrogado”, explicou.

A expectativa, segundo o advogado, é que a audiência tenha a duração de quatro a cinco horas. O sigilo do caso foi decretado pela juíza nessa quinta-feira (18).

Raphael entrou pelos fundos do prédio onde fica o juizado, enquanto veículos de imprensa esperavam na entrada principal.

O caso

Renata caiu do 31º andar de um prédio na Rua Visconde do Rio Branco, em setembro do ano passado. A suspeita é que a fisiculturista tenha sido asfixiada e depois atirada da janela pelo namorado.

O médico foi detido em janeiro e solto poucos dias depois. No começo deste mês, o Ministério Público do Paraná determinou que Raphael seja monitorado por tornozeleira eletrônica, mas a juíza responsável pelo caso entendeu que não há necessidade de ele usar o equipamento.

Foto: Lineu Filho.

Foto: Lineu Filho.

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

Seja o Primeiro a Comentar!


wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas