Base, batom, sombra, máscara de cílios, lápis e iluminador. De nada adianta ter uma necessaire recheada com estes produtos se o cuidado com a maquiagem não for adequado. Principalmente no que diz respeito ao prazo de validade e à conservação. Isso porque a maquiagem vencida pode ser uma grande inimiga da sua pele.

+ Leia mais: Curte astrologia? Curitiba recebe curso básico para quem é apaixonado por horóscopo

Segundo a médica dermatologista Sílvia Brunetta da Clínica Jardins, de Curitiba, usar maquiagem e cosméticos fora do prazo de validade pode afetar a saúde. Entre os principais riscos estão o de alergia, irritação, acne, além de conjuntivites, infecções e outras complicações provocadas por ácaros, fungos e bactérias.

“Fora do prazo de validade a maquiagem pode ficar com sua composição química desestabilizada, podendo entupir os poros da pele e causar acne e foliculite. Produtos contaminados ainda podem provocar doenças como a demodicidose, uma infecção provocada por ácaros que faz a pele descamar, além de alergias como a dermatite de contato e até conjuntivites nos olhos”, explica.

+ Veja também: Cine Passeio é escolhido um dos 20 cinemas mais legais do mundo

Segundo a dermatologista, pessoas com a pele sensível ou que tenham doenças de pele precisam redobrar a atenção. “Quando a paciente já tem dermatite atópica, seborreica, acne ou rosácea a doença pode piorar com o uso de produtos vencidos, pela alteração na flora da pele”, alerta Sílvia.

Prazo de validade

Foto: Pixabay.

De acordo com a Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), o prazo de validade das maquiagens – que costuma variar entre seis e 36 meses – é determinado pelo fabricante e leva em consideração o tempo em que é possível manter a estabilidade, a cosmética, a fixação, a cor, o odor e as demais características de cada produto. 

+ Leia ainda: Brigas por dinheiro? 8 dicas ajudam a evitar discussões entre o casal

No Brasil, o prazo de validade é a partir da data de fabricação da maquiagem. Em produtos importados, há uma indicação com o número de meses da validade na embalagem e a contagem começa após a abertura do produto.

Prazo de validade de maquiagens no Brasil

  • Bases aquosas: 12 meses
  • Bases oleosas: 18 meses
  • Batom: 48 meses
  • Corretivos: 18 meses
  • Delineador: de 6 a 12 meses
  • Gloss: de 6 a 12 meses
  • Máscara de cílios (rímel): 6 meses
  • Pó (compacto e solto), blush e iluminador: de 18 a 24 meses
  • Sombras compactas: 36 meses

    Fonte: SBD.

Ardeu. E agora?

Se você aplicar um produto na pele e só depois perceber que ele estava vencido, a SBD esclarece que, se não houver sinal de irritação na pele, em geral, não há problemas. Mas se aparecer coceira, vermelhidão ou ardência, a orientação é remover os produtos imediatamente.

“Caso perceba algum desconforto ao aplicar o produto na pele, deve-se lavar abundantemente com água corrente e um sabonete líquido suave”, alerta a SBD.

Sem função!

Além da pele ficar sujeita à doenças, a maquiagem fora do prazo do validade também pode arruinar o visual. Isto acontece porque as formulações podem ter sofrido alteração e perdido função, não chegando ao resultado e ao acabamento esperados depois que a maquiagem fica pronta, como explica o maquiador do O Boticário George Rosa Luna.

+ Leia ainda: É amor? Confira sinais que podem indicar se a relação é baseada apenas em carência

“O produto pode deixar de entregar o resultado esperado. Além do risco de contaminação, os pigmentos podem deixar de cumprir sua função. Uma sombra, por exemplo, pode perder sua intensidade e fixação. Já a a base pode criar duas fases, separando o óleo dos demais componentes. E a base é um dos produtos que mais exige atenção, por ter grande penetração na pele e maior poder de gerar problemas dermatológicos”, diz George.

Ainda de acordo com o maquiador, hábitos como colocar e retirar várias vezes o aplicador da embalagem de máscara de cílios pode injetar ar e contaminar o produto. “Uma pele bonita e bem cuidada é o segredo para uma boa maquiagem. Para garantir tudo isto, é necessário ficar atento aos produtos usados e jogar fora o que estiver vencido”, indica George.

Hábito de risco

Foto: Pixabay.

Para a professora do curso de Estética e Cosmética da Universidade Positivo Patrícia Nuevo, apesar de perigoso, usar maquiagem com o prazo de validade vencido é algo que costuma acontecer. “É muito comum. Muitas mulheres acabam usando produtos vencidos, por falta de atenção ou pela dor no bolso mesmo”, diz.

+ Leia mais: Alimentação balanceada e exercícios podem aumentar a imunidade e evitar doenças?

Ao fazerem isto, ressalta Patrícia, as mulheres assumem todos os riscos. “Os fabricantes perdem a responsabilidade sobre o produto depois da data de validade. Os testes e garantias dadas por eles se restringem ao período informado nas embalagens”, explica a professora.

Como saber se está vencida

Entre os sinais que indicam que o produto já não pode mais ser usado estão a alteração no cheiro, na cor e mudanças na textura. Sinais que podem aparecer antes do vencimento, caso a maquiagem seja guardada em locais muito quentes e úmidos ou levadas na bolsa.

“O pior lugar para guardar a maquiagem é no banheiro, pela umidade constante. O ideal é deixar em um lugar seco e fresco. Na bolsa ou no carro devemos levar apenas poucos itens para um retoque. A necessaire completa fica em casa”, orienta Patrícia.

E os pincéis?

Foto: Pixabay.

Usados diariamente por muitas mulheres, os pincéis também devem receber atenção especial, já que também pode ser contaminados com fungos e bactérias. Todos os profissionais ouvidos nesta matéria reforçaram esta recomendação.

Para evitar problemas e doenças de pele, segundo os especialistas, o ideal é higienizar os pincéis todas as semanas, usando produtos específicos ou álcool isopropílico. E pelo menos uma vez por mês é indicado fazer uma lavagem caprichada, com detergente ou shampoo neutro, deixando os pincéis secarem bem antes de serem utilizados novamente.