Desde a estreia de Amor de Mãe, em novembro, Lurdes, personagem de Regina Casé, tem sua vida orientada pela incessante busca pelo filho, que foi vendido, ainda pequeno, contra a sua vontade e desapareceu no mundo.

Quem acompanha as revistas de fofoca já sabe que o paradeiro de Domênico pode ser descoberto em breve – mas o público vai ter que esperar um pouco mais para assistir ao reencontro dos personagens criados por Manuela Dias.

Devido à escalada dos casos do novo coronavírus no Brasil, a Globo tomou, neste fim de semana, a decisão sem precedentes de interromper as gravações da novela das nove e de todas as suas tramas agora no ar, a fim de evitar o contato entre seus profissionais e frear, assim, o avanço da doença no país – um set de filmagem pode reunir até 50 pessoas para rodar uma única cena.

LEIA TAMBÉM: Telecine e canais de TV paga têm sinal liberado por operadoras

Com isso, Amor de Mãe terá uma espécie de fim de temporada – um hiato entre os episódios já gravados e aqueles que, por causa da Covid-19, ainda não puderam ser filmados e, portanto, serão transmitidos num futuro ainda indeterminado. Enquanto isso, a faixa das nove receberá uma reprise compacta de outra trama, Fina Estampa, folhetim de Aguinaldo Silva que foi ao ar há nove anos.

Em sua reta final, Éramos Seis deve ser transmitida até o último capítulo, com pequenos ajustes nas cenas ainda não produzidas.

Sua sucessora no horário das seis da tarde, Nos Tempos do Imperador, sobre o Brasil de Dom Pedro II, esperará um pouco para chegar às telinhas. Possivelmente, quem assume a faixa é Novo Mundo, que narra a vida de dom Pedro I.

No horário das sete, Salve-se Quem Puder, que acaba de estrear, também deve ter a produção congelada e abrirá espaço para uma retransmissão de Totalmente Demais.

VEJA TAMBÉM: Vai fazer home office? Confira dicas de como proteger seu computador de vírus e ataques de hackers

A decisão veio depois de uma delicada avaliação dos executivos da Globo ao longo do final de semana. Na última segunda-feira (16), as chefias de diversas áreas da emissora se reuniram e optaram por alterar a grade de programação pilar de seu horário nobre, que já havia sofrido mudanças pensadas na ampliação da cobertura jornalística da pandemia de coronavírus.

A suspensão do folhetim, no entanto, foi a medida mais drástica tomada até agora, afinal, será a primeira vez que a Globo interrompe uma novela já no ar e divide sua produção mais vista e lucrativa em temporadas.

Big Brother Brasil

No Big Brother Brasil, a emissora carioca quebrou o protocolo sobre trazer informações de fora aos participantes, e divulgou as  informações sobre a pandemia com ajuda de um infectologista.

Na concorrência

As medidas podem ser vistas como exageradamente cautelosas pela concorrência, mas, de forma mais tímida, elas já começam a aparecer também em outros canais. O SBT informou à reportagem que gravações de “A Praça É Nossa” e dos programas comandados por Raul Gil e Silvio Santos não ocorrerão nesta semana.

Outras atrações de auditório, no entanto, seguem recebendo público ao vivo – embora idosos a partir dos 65 anos tenham sido orientados a não comparecer. “O SBT avaliará caso a caso a necessidade da gravação dos programas com a presença de auditório, buscando limitar ao máximo o número de pessoas nas gravações”, resumiu a emissora em nota.

Já a TV Record informa que filmagem e exibição de novelas seguirão normalmente, mas que o reality “The Four” teve sua plateia reduzida para 40 pessoas, enquanto o “Hora do Faro” será gravado sem plateia.

A Band, atualmente, não produz novelas ou programas de auditório, mas ajustará sua programação por causa da suspensão de diversos torneios esportivos.

E não é só no Brasil que programas de auditório, que muitas vezes têm como essência justamente a interação com o público, passaram por um esvaziamento. Algo semelhante vem ocorrendo na Europa e nos Estados Unidos, com pesos-pesados como o “The View” perdendo suas plateias. Ellen DeGeneres e Jimmy Fallon chegaram a anunciar o mesmo, mas pouco depois decidiram suspender completamente seus talk shows até o fim do mês.

Como prevenir a contaminação por coronavírus

  • Lavar as mãos com frequência/ ou utilizar álcool 70%, principalmente antes de consumir algum alimento;
  • Utilizar lenço descartável para higiene nasal;
  • Cobrir nariz e boca quando espirrar ou tossir;
  • Evitar tocar mucosas de olhos, nariz e boca, higienizar as mãos após tossir ou espirrar;
  • Não compartilhar objetos de uso pessoal, como talheres, pratos, copos ou garrafas;
  • Manter ambientes bem ventilados, evitar contato próximo com pessoas que apresentem sinais ou sintomas da doença;
  • Evitar contato próximo com animais selvagens e animais doentes em fazendas ou criações;
  • Pessoas com sintomas de infecção respiratória aguda devem praticar etiqueta respiratória (cobrir a boca e nariz ao tossir e espirrar, preferencialmente com lenços descartáveis, e depois lavar as mãos).

Baixe o guia de prevenção para compartilhar!

Imprima esse guia em PDF com informações sobre a prevenção do Coronavírus e outras doenças respiratórias virais: